Receitas culinárias simples, de rápida preparação, testadas por mim.

quarta-feira, dezembro 29, 2010



Desejo a todos os amigos, visitantes e seguidores, um Feliz Ano 2011, repleto de saúde, paz, amor, e muitas realizações.

O meu muito obrigado a todos quantos visitaram, comentaram e partilharam este cantinho.


Beijinhos a todos

Conceição

quarta-feira, dezembro 22, 2010

Bolo de crepes com creme de chocolate e bananas



Bolo de Crepes com creme de chocolate e fruta por Baú da Conceição
Este bolo diferente, fez as delicias de todos quanto o provaram. Parece complicado, mas é fácil e muito,muito guloso, óptimo para quem gosta de chocolate com frutas. Se quiser também pode variar as frutas do recheio, acho a combinação de chocolate e banana muito boa, mas também já fiz com fatias de maça que caramelizei num pouco de manteiga e acuçar e ficou muito bom.

Massa:
100 g de farinha
50 g de manteiga
3ovos
2 gemas
2 dl de leite
Raspa de 1 limão

óleo ( usei óleo spray espiga ) para untar a frigideira de preferência anti aderente

Creme:
400g de chocolate amargo
1 dl de leite condensado
2 colheres de sopa de manteiga
1 dl de leite
bananas
sumo de limão

Decoração a gosto, usei bagos de romã e fatias de tangerina, mas pode usar chantily, frutos variados e chocolate branco, fica muito mais festivo.

Comece por preparar os crepes:
Junte a farinha com a manteiga amolecida e mexa bem. Acrescente os ovos, as gemas e o leite, misture tudo e adicione a raspa de limão, se ficar grumos passe a varinha magica para que a massa fique bem lisa. Deixe a massa repousar durante 15 minutos.

Decorrido esse tempo, unte a frigideira com óleo usei o spray da espiga, aquece-se bem, verte-se uma concha de massa, deixe cozinhar até ganhar borbulhas á superfície, vire e deixe cozinhar do outro lado, até ficar dourada. Repita até esgotar a massa.

Creme:
Parta o chocolate em pedaços, junte o leite condensado, a manteiga e o leite. Leve ao lume em banho-maria, e mexa até derreter e obter um creme homogéneo. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco.

Enquanto o creme arrefece descasque as bananas e corte-as em rodelas, regue-as com sumo de limão, para não escurecerem.

Montagem:
Coloque um crepe no fundo de um prato, barre com o creme de chocolate, por cima deste rodelas de banana, outro crepe, chocolate e banana , até acabar os ingredientes, barre o bolo com o resto do creme, e decore a gosto com frutas, chantily  ou  raspas de chocolate branco, eu optei por bagos de romã e rodelas de tangerina.










Fatia de Bolo de Crepes com creme de chocolate e fruta por Baú da Conceição

quarta-feira, dezembro 08, 2010

Farofias com molho de pudim de baunilha


Farófias com molho de pudim de baunilha

Tinha claras que queria aproveitar,  lembrei-me das farófias, mas como não queria gastar mais gemas para fazer o creme, usei uma saqueta de pó de pudim de baunilha que encontrei na despensa, ficaram tão lindinhas...  

6 claras
6 colheres sopa de açúcar
0,5l de leite
1 saqueta de pudim baunilha

Bater as claras com uma pitada de sal e acrescentar o açúcar até que estejam em castelo bem firme.
Ferver o leite com um pau de canela e uma casca de limão e baixar a temperatura para que não entorne.
Colocar colheradas (uso uma colher de bolas de gelado para ficarem mais redondinhas) no leite esperar uns segundos para cozerem, viram-se com ajuda de uma colher para cozer por igual,( isto é uma operação muito rápida, pois não convém cozer em demasia senão murcham), retiram-se com uma escumadeira e colocam-se na taça de servir.
Preparar o creme conforme as instruções da embalagem, aproveitei o leite de cozer as farófia  e acrescentei mais para perfazer a quantidade de leite pedida na embalagem.
Deixar o creme amornar e colocar por cima das farófias, polvilhar com canela, e servir de preferência frio.

segunda-feira, dezembro 06, 2010

Bacalhau á Braga á minha moda

Bacalhau á Braga

Esta receita não posso dizer que é a original, mas sim a minha interpretação do famoso bacalhau á Braga, muito apreciado por todos nós.

Para 3 pessoas:

3 postas de bacalhau
2 cebolas cortadas em rodelas
dentes de alho, folha de louro
azeite
sal, 1 colher de chá de colorau, um fio de vinho branco
batatas cortadas em rodelas para fritar.

As postas de bacalhau estavam devidamente demolhadas. Coloquei um tacho com água a ferver com um dente de alho e uma folha de louro. Quando fervida desliguei e escaldei as postas. Escorri, sequei-as com papel absorvente e reservei.

Coloquei as batatas a fritar.

Numa frigideira, coloquei o azeite, 2 dentes de alho inteiros socados (com casca). Passei as postas de bacalhau por farinha, sacudi e coloquei a fritar no azeite até estar dourado de ambos os lados. Retirei as postas do bacalhau coloquei numa travessa de servir. No mesmo azeite de fritar o bacalhau  juntei as cebolas em rodelas, os alhos picados, uma folha de louro, deixei a cebola ficar levemente dourada e acrescentei o colorau um pouquinho de sal e um fio de vinho branco, deixei o vinho evaporar e coloquei este molho sobre as postas de bacalhau. Rodeei com as batatas fritas. Servi imediatamente acompanhado de grelos salteados.

sexta-feira, dezembro 03, 2010

Bacalhau assado com migas de broa


Bacalhau com Migas de Broa

Eu sei que o Bacalhau é uma espécie ameaçada, é bastante caro face aos dias de crise que estamos a atravessar, mas em casa adoramos bacalhau, e com a chegada do Natal, ele reaparece em força,  e este fiel amigo está sempre presente para nos relembrar das nossas tradições, os nossos usos e costumes, aqui deixo uma sugestão bem deliciosa para quem não dispensa de uma boa posta.

Para 4 pessoas:

4 postas de bacalhau demolhado que escaldei em água fervente, depois foram colocadas na assadeira untada com azeite.
Fiz umas migas com o miolo de broa, presunto cortado em cubinhos pequenos, um ramo de salsa cortados em pedaços, alhos picados, um pimento cortado em cubinhos, uma pitada de sal e azeite, coloquei na picadora até formar uma pasta grossa.
Barrei as postas do bacalhau com esta pasta , reguei com bastante azeite e levei ao forno a assar.

Acompanhei com batatas assadas e grelos salteados.

segunda-feira, novembro 29, 2010

Caldeirada de bacalhau

Caldeirada de bacalhau por Baú da Conceição
Eu gosto muito de caldeiradas, acho um prato muito saudável, mas tenho alguém em casa que torce o nariz, e só por isso é que não o faço muitas vezes.

Batatas descascadas e cortadas em rodelas
Cebolas cortadas em rodelas grossas
Alho picado
Tomates  pelados e picados
Cortar um pimento em tiras.
Cortar o bacalhau em pedaços pequenos (uso pedaços finos, como badanas e rabos mas isso é ao gosto de cada um)
Sal, azeite, folha de louro, salsa picada

Num tacho de fundo grosso colocar um bom fio de azeite, uma camada de rodelas de cebola, uma camada de tomates, alho picado e pimentos, uma camada de rodelas de batatas, uma camada de bacalhau, folha de louro,rodelas de cebola, tomate, alho e pimentos, salsa, um pouquinho de sal (atenção ao sal do bacalhau)  e assim sucessivamente até acabarem os ingredientes, por fim rega-se com mais azeite, um copo de vinho branco e um pouco de água, tapa-se o tacho  e leva-se a cozer em lume brando, abanar o tacho de vez em quando, para envolver, e não pegar no fundo, quando a batata estiver bem cozida apagar e servir.


terça-feira, novembro 23, 2010

Bolo Nuvem da Nigella


Bolo de Chocolate e Natas do livro Nigella Bites

A minha filha há muito que queria fazer este bolo. Fomos adiando, adiando, até que num domingo em que não tínhamos sobremesa para o almoço, decidimos fazer. Logo que amornou colocamos as natas e foi devorado.Muito bom, para repetir muitas vezes.

250 g de chocolate preto
125 g de manteiga sem sal, amolecida
6 ovos (2 inteiros e 4 gemas e claras separadas)
175 g de açúcar
2 colheres sopa de Cointreau (usei licor de laranja caseiro9
raspa de 1 laranja

Para a cobertura:
500 ml de natas (usei 400 ml - 2 pacotes)
1 colher chá essência de baunilha
1 colher chá de licor Cointreau (usei o licor de laranja)
1/2 colher chá de cacau em pó

Pré-aqueça o forno a 180º.
Forre o fundo da forma de bolos com papel vegetal.
Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas  e depois deixe a manteiga derreter no chocolate quente.
Bata dois ovos inteiros mais as quatro gemas com 75 g de açúcar, juntando depois o chocolate, o licor e a raspa de laranja.
Noutra taça bata as claras até formar espuma e depois vá juntando o restante açúcar até as claras ficarem em castelo. Adicione um pouco de claras ao chocolate para este ficar mais claro e depois envolva o resto.
Ponha a massa na forma e leve ao forno durante cerca de 35 a 40 minutos ou até o bolo ter levedado e rachado e o centro já não estiver leitoso.
Deixe o bolo arrefecer na forma sobre um tabuleiro de rede para o centro ir baixando á medida que arrefece.
Desenforme para um prato de bolos. Não se preocupe com rachas ou falhas, o que interessa é criar um aspecto parecido com uma cratera.
Bata as Natas até ficarem macias, junte a baunilha e o licor, (embora não pedisse na receita original eu juntei 4 colheres de açúcar) continuando a bater até as natas estarem firmes.
Preencha a cratera do bolo com as natas e espalhe o cacau por cima.

sexta-feira, novembro 19, 2010

Esparguete com Almondegas da Nigella



A receita foi Inspirada no livro Nigella Bites, Massa com Almôndegas, gostava de fazer as almôndegas bem pequeninas tal qual ela apresentou, mas não sou capaz, saem-me sempre grandonas. O molho foi feito com tomates frescos e não com a polpa como pede a receita, pelo que não ficou tão vermelhinho como a da foto do livro, mas ficou muito gostoso.
No final polvilhei com queijo, porque a filhota adora.
Almôndegas:
250 g carne porco picada
250 g de carne vaca picada
1 ovo
2 colheres sopa de parmesão ralado
1 dente de alho
1 colher chá de oregãos secos
3 colheres sopa de semola ou pão ralado (usei o pão ralado)
pimenta moída na altura
1 colher chá de sal
Misture tudo numa taça grande e amasse bem com as mãos antes de começar a fazer as bolinhas. Coloque as almôndegas em tabuleiros forrados com película aderente e vá colocando no frigorífico á medida que faz.
Para o molho:
1 cebola
2 dentes de alho
100 ml de leite
1 colher de chá de oregãos secos
1 colher sopa de manteiga sem sal
1 colher sopa de azeite
700 g de polpa de tomate
uma pitada de açúcar, sal e pimenta.
Ponha a cebola, o alho e os oregãos no robot de cozinha e triture até obter uma papa. (Não fiz nada disto, piquei a cebola e os alhos manualmente)
Aqueça a manteiga e o azeite numa frigideira funda e larga, coloque a cebola e alhos triturados, deixando aquecer em lume brando ou médio durante 10 minutos. Não deixe queimar, mas não retire enquanto não ficar macio (deixei até a cebola ficar transparente e levemente dourada).
Junte a polpa de tomate  e depois encha até metade a embalagem com água  e adicione á frigideira.
( Eu adicionei tomates frescos, sem peles e cortados em cubos deixei-os cozinhar até desfazerem, juntei a água aos poucos, até achar que estava uma consistencia de molho, mas ficou sempre bocadinhos de tomate). Tempere com sal, pimenta e um pouco de açúcar e deixe cozinhar por 10 minutos. Nesta fase o molho vai parecer-lhe muito liquido, mas não se preocupe que mais tarde vai engrossar. Misture o leite e em seguida comece a adicionar as almôndegas uma a uma. Não mexa na frigideira até que as almôndegas mudem de cor de rosa para castanho para evitar que elas se partam.
Deixe cozinhar por vinte minutos, tapando parcialmente com a tampa. No fim do tempo de cozedura verifique o tempero, pode precisar de mais sal ou pimenta.
Acompanhei com massa esparguete.

quarta-feira, novembro 17, 2010

Arroz de cozido



Quando faço cozido, eu sei que vai sobrar, pelo menos as carnes e enchidos eu não me importo de colocar a mais com esse intuito, sobrar. Depois congelo em porções que me vão ser uma mais valia no dia-a-dia corrido.
Aqui foi um arroz malandro com legumes com carnes variadas e enchidos, e posso dizer que estava mesmo á minha moda.

Num tachinho coloquei um fio de azeite uma cebola e um alho bem picadinhos, deixei estalar, juntei um pouco de vinho branco, uma folha de louro, cenoura cortada em rodelas, adicionei um pouco de água fervente, umas folhas de penca que já tinha lavado e cortado em pedaços, a carne, as ervilhas e o arroz, mexi bem, provei e temperei  e adicionei a água restante aos poucos, mexendo com o garfo de vez em quando (a quantidade de água é o triplo do arroz) de modo a ficar um arroz solto e cremoso, provar novamente e rectificar os temperos se necessário.

Nota: Não esquecer de provar, como as carnes e os enchidos já estavam temperados, muitas vezes não é preciso acrescentar mais sal. Por isso considero provar muito importante.

terça-feira, novembro 09, 2010

Batatas assadas

Raramente como batatas fritas, desde que fiz estas batatas assadas pela primeira vez tenho repetido com outros sabores,  as batatas ficam sequinhas e estaladiças e depois é so variar os temperos .

Eu costumo usar batatas pequenas, quando não as tenho uso batatas cortadas em quartos, que depois de lavadas para tirar a goma, são temperadas com sal, ervas a gosto (neste caso coentros e alhos desidratados) e um fio de azeite, envolve-se bem as batatas e colocam-se num tabuleiro, não convem que fiquem sobrepostas, coloco no forno em temperatura a 220º e deixo assar até ficaram douradas por cima, depois com ajuda de uma colher viro-as para tostarem por igual.

domingo, novembro 07, 2010

Bolo chocolate


Receita da Debora do blog Delicias Mil e Hum..., este bolo de chocolate é muito simples de fazer e o recheio muito guloso, torna este bolo irresistível, está foi a ultima fatia,  não consegui tirar uma foto com com o bolo inteiro, dá para ver como ficou tentador.


Coloque pela ordem batendo bem,  antes de cada adição do ingrediente seguinte.


3 ovos

1 xícara de açúcar

1 xícara de achocolatado

2 xícaras de farinha de trigo espiga

1 xícara de água a ferver

½ xícara de óleo

Por fim, junte 1 colher de sobremesa de  fermento em pó (tipo Royal).

Colocar em forma untada  e enfarinhada Untei com o óleo spray espiga, levar a assar em forno médio a 180º.



Recheio e cobertura:

1 xícara de açúcar

2 xícaras de leite

1 xícara de achocolatado

2 colheres (sopa) de margarina

2 colheres (sopa) de amido de milho espiga


Misturar todos os ingredientes e levar ao lume mexendo sempre até engrossar.

Cortar o bolo ao meio, rechear e cobrir o bolo ainda morno com essa mistura quente.

Salpique com chocolate granulado.



sexta-feira, novembro 05, 2010

Pudim de ananas


Uma sobremesa pouco calórica e pouco doce, fresquinha que fez as delicias de quem provou. Não ficou doce por isso quem quiser mais docinho aconselho a  pelo menos dobrar o  açúcar.

1 lata de ananás,  reserve a calda e complete com água até perfazer 1 litro
1 pacote de gelatina em pó sem sabor (70g)
2 pacotes de natas magras
100g de açúcar

Triturar o ananás de forma a ficar um puré. Reserve a calda e junte água e perfaça 1 l de liquido. Aqueça a calda e dissolva a gelatina nela, mexendo bem até ficar completamente dissolvida.
Bata as natas com o açúcar, quando estiverem expessas envolva o puré de ananas e depois o liquido da gelatina.  Fica um preparado liquido.
Unte uma forma com óleo, usei o óleo spray espiga, e verta o preparado anterior. Leve ao frigorífico até solidificar. Eu costumo preparar de véspera para servir no dia a seguinte. Desenformei  e decorei  com fatias de ananas e um fio de mel.

quarta-feira, novembro 03, 2010

Sopa de nabiças e massas


Há muito que não comia sopa com massas, mas apeteceu-me  e assim fiz, aproveitei as nabiças que chegaram com fartura, os feijões de debulhar que ainda andam pelo congelador, e saiu uma sopa fumegante para aquecer numa noite fria.

Levei uma panela com água ao lume juntei 2 batatas, 2 cenouras, 1 cebola, 1 dente de alho, deixei cozer, depois reduzi a puré.
Juntei ao puré a massa temperei com sal e deixei cozer até a massa ficar tenra, nessa altura juntei as nabiças,os feijões que já estavam cozidos, um fio de azeite e deixei que acabasse de cozer.

segunda-feira, novembro 01, 2010

bolo marmore com pepitas


A filhota combinou com uns amiguinhos irem estudar lá em casa, então as pressas fiz um bolinho simples que ficou muito fofo, como sobrou alguma massa ainda aproveitei para fazer uns queques.



8 ovos pequenos

10 colheres sopa de açúcar

8 colheres sopa de farinha

1 limão pequeno

2 colheres sopa de achocolatado

1 chocolate pequeno partido em pedacinhos pequenos (ou pepitas de chocolate)




Untei uma forma quadrada com o óleo em spray espiga, forrei com papel vegetal e volte a untar.

Bati as claras em castelo com uma pitada de sal.

1ª massa:

Bati 4 ovos com o açúcar, juntei sumo de um limão pequeno, misturei bem, adicionei 4 colheres de farinha, envolvi bem, envolvi metade das claras em castelo.

2ª massa:

Bati os restantes 4 ovos com o açúcar, dissolvi 2 colheres de achocolatado em água quente e envolvi na gemada, juntei a restante farinha, misturei bem e por fim envolvi as restantes claras, como achei que a massa estava muito clara, peguei num chocolate e parti-o em pedacinhos pequenos e envolvi ma massa.

Na forma fui colocando colheradas das duas massas, para ficar com um aspecto mármore.

Levei ao forno a 180º assou em cerca de 20 minutos, convém fazer o teste do palito, se sair seco está cozido.

sábado, outubro 30, 2010

Coelho assado com vinho do porto


Mais uma receita de coelho assado que sai desta cozinha, já aqui disse, que apreciamos bastante a carne de coelho, tento sempre valorizar mais as carnes brancas, pois são mais pobres em gordura e o meu colesterol agradece, e quando bem temperadas ficam muito saborosas.


1 coelho partido em pedaços e temperado com uma mistura de pimentão, alho esmagado, coentros, sal, e azeite, massajei bem o coelho com esta mistura, reguei com um copo de vinho do porto e deixei marinar durante algumas horas.
Antes de levar ao forno acrescentei uma cebola cortada em rodelas e reguei com um fio de azeite, juntei também batatas cortadas em quartos levei a assar.

Acompanhei com uma mistura de beringelas e cogumelos salteados.

quinta-feira, outubro 28, 2010

Salada quente de beringelas e cogumelos salteados com bacon e vinagre balsamico

As beringelas eram para ser grelhadas, mas depois vi os cogumelos, o pimento e decidi que os tinha que misturar.

Então comecei por grelhar as beringelas que tinha cortado em rodelas finas e temperado com sal numa frigideira untada com azeite.
Quando grelhadas retirei-as juntei um mais um fio de azeite, juntei bacon cortado em pedacinhos, quando dourado juntei os cogumelos, deixei que fritassem levemente, juntei pimento em tiras e voltei a juntar as beringelas, para absorverem os sabores, temperei com mais um fio de azeite, sal, pimenta e um fio de vinagre balsâmico e deixei apurar mais uns segundos. Retirei e servi ainda quente.

sábado, outubro 23, 2010

Nachos


Mais uma receitinha que foi apresentada no dia mexicano, receita da nossa amiga Cris do blog From our Home to  yours

Fez as delicias de quem provou.


250 g de carne picada
sal e pimenta a gosto
1 colher (chá) de cominhos em pó
1 cebola picadinha
1 dente de alho grande ralado
1/2 xícara de molho de tomate
1 piri-piri (só coloquei um pouquinho para não ficar muito picante)
Queijo muzzarela ralado ou cheddar ralado
Doritos ou tortilhas

Doure a carne sem óleo nem temperos para ficar soltinha. Em seguida, acrescente a cebola picada e o alho e refogue até a cebola ficar translúcida. Adicione o molho de tomate, o sal, a pimenta e os cominhos e deixe tomar gosto por alguns minutos.
Coloque num recipiente os doritos e faça camadas com o molho de carne e cubra com queijo, levando ao microondas para derreter antes de servir.
Ou coloque a carne num recipiente e os doritos ao redor. Use as mãos para comer nachos, mergulhe os doritos ou as tortilhas na carne temperada.

Outra sugestão:


 Aqueça as tortilhas, no meio coloque a carne , queijo, por cima guacamole e enrole.








quinta-feira, outubro 21, 2010

Guacamole





Um sábado  decidi que aquele dia seria o dia Mexicano, a filhota á muito que pedia tacos, guacamole, chili e outras comidas mexicanas que eu nunca experimentara, resolvi fazer-lhe a vontade. Contive-me nos picantes, pois a ideia era cozinhar para crianças.

1 abacate maduro
1 dente de alho
1 cebola pequena
1 tomate
coentros
1 limão
sal
malagueta (usei apenas pimento, pois não queria muito picante, a pensar nas crianças)

Retire a polpa ao abacate e esmague, regue com sumo de limão para não escurecer.
Pique o tomate sem sementes em cubinhos pequenos, a cebola e o alho bem picadinhos, e o pimento também bem picadinho se quiser picante use a malagueta bem picadinha, acrescente á polpa do abacate e envolva.
Pique também os coentros e junte ao preparado anterior. Tempere com sal e sumo de limão.
Sirva como aperitivo com doritos ou tostas, ou como acompanhamento de tajitas, tacos

terça-feira, outubro 19, 2010

Queijinhas de limão


Não me enganei no titulo, o nome da receita é mesmo essa, queijinhas, são género queijadinhas, o nome penso que será por causa do leite que com tanta  raspa do limão talha, mas no final temos umas queijadas com um sabor intenso a limão.
A receita foi retirada de uma teleculinária antiga, não sei o nº pois já não tem capa, mas, há muito que estava na minha lista das receitas a experimentar.
As queijadas no forno crescem muito, mas como queijada que se preze, abatem sempre um pouco, não se assustem é mesmo assim.
Rendeu 20 queijinhas que foram devoradas num instante.

0,5 dl de leite
1  colher sopa de manteiga
raspa de 1 limão
5 ovos
400g de açúcar (usei só 300g)
170 g de farinha
40g de farinha maizena


Unte as forminhas com manteiga e polvilhe-as com farinha.
Leve o leite com a manteiga e a raspa de limão ao lume num tacho até derreter a manteiga (o leite  talha, não se preocupe é mesmo assim).
Numa tigela, bata os ovos com o açúcar, adicione depois o leite em fio, e mexendo sempre e, por fim, misture ambas as farinhas peneiradas, e envolva cuidadosamente para que não ganhem grumos.
Passe o creme por um passador de rede, verta para as formas e leve ao forno em banho-maria por cerca de 30 minutos em forno a 180º.
Espete o palito para verificar se as queijadas estão cozidas, retire-as do forno, e deixe-as arrefecer, desenforme-as e coloque-as sobre forminhas de papel.

terça-feira, outubro 12, 2010

Pudim de batata cenoura e pescada


Tinha copiado esta receita da Regina da Comunidade do Orkut - Culinária Receitas, para experimentar, acontece que um dia destes fiz batatas cozidas com pescada, e resolvi cozer um pouco a mais que as medidas do costume para que sobrasse. Assim fiquei com a base praticamente pronta para esta receita, acrescentei por minha conta sobras de pescada cozida sem peles nem espinhas, salsa, e  ficou uma delicia.

3 batatas grandes


3 cenouras cozidas

1 xicara de chá de leite

2 colheres sopa de farinha de trigo

3 ovos inteiros

2 colheres de sopa de manteiga ou margarina

3 colheres sopa de queijo parmesão ralado

1 colher chá de sal

Acrescentei por minha conta: Pescada cozida sem peles e espinhas e salsa picada


Preparo:

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até homogenizar a massa.

Colocar em forma untada e levar ao forno moderado até que esteja dourado e cozido por cerca de 40 minutos.

domingo, outubro 10, 2010

Arroz de nabiças com filetes de carapau grelhados



Adoro nabiças, novinhas muito tenras, este arroz foi o acompanhamento de filetes de carapaus, mas para mim poderia ser apenas arroz que eu ficava muito bem.

Num tachinho colocar um fio de azeite, uma cebola e um dente de alho bem picadinhos, deixar estalar, juntar as nabiças previamente arranjadas, deixe-as murchar e aos poucos juntar um pouquinho de água fervente, juntar o arroz (para nós 3 uma xícara de arroz), deixar ferver, mexendo com um garfo para que fique solto, temperar com sal e adicionar aos poucos mais água fervente até o arroz estar cozido, mas com um pouquinho de caldo. Desligar o fogão tapar e deixar 2/3 minutos, servir de seguida.

Os Carapaus foram abertos ao meio, retirei a espinha, temperei-os com sal e sumo de limão, pincelei-os com um pouco de azeite e levei-os a grelhar na chapa quente

sexta-feira, outubro 08, 2010

Pasta de beringela





Gostei tanto da experiencia do babagamuche do   Fabio  que tenho experimentado a pasta com outros ingredientes, esta ainda sem o tahine que não consigo encontrar, mas com sabor bem Português, ficou  uma pasta muito saborosa.

2 beringelas
2 dentes de alho
sumo de 1/2 limão pequeno
azeite virgem extra espiga q.b
sal e pimenta moida na hora

Assar as beringelas no bico do fogão até ficarem bem moles. Deixar amornar e retirar a pele e o cabinho.
Colocar a polpa das berindelas numa taça funda, juntar os alhos, o sumo de limão, azeite, sal e pimenta
moida na hora, bater com a varinha magica, provar se achar que está muito acido juntar mais um pouquinho de azeite e bater novamente. Levar ao frigorifico por cerca de 1 hora. Servir com tostinhas.

quarta-feira, outubro 06, 2010

sopa de nabiças com feijão de debulhar (feijocas)

Feijão de debulhar é raro encontrar nos supermercados, estes foram-me oferecidos ainda nas vagens já secas,  foram debulhadas  e os feijões  para não estragarem, foram cozidos e congelados, assim  é meio caminho andado para uma refeição rápida, uma fervura e já está.

Esta sopa é muito apreciada por todos nós.


3 batatas grandes
1 cebola
1 dente de alho
1 molho de nabiças
1 mão cheia de feijões de debulhar (feijoca) previamente cozidos
sal a gosto
um fio de azeite clássico espiga



Colocar 3 batatas previamente descascadas, lavadas e cortadas em pedaços, 1 cebola e 1 dente de alho numa panela, juntar água até cobrir os legumes e levar ao lume até que fiquem bem cozidas. Passar com a varinha, se estiver um creme muito grosso juntar mais um pouco de água, quando levantar novamente fervura juntar as nabiças que foram lavadas, escolhidas e cortadas em juliana, e os feijões que foram também cozidos previamente. Temperar com sal  deixar ferver e juntar e um fio de azeite classico espiga. Quando as nabiças estiverem cozidas, retira-se do lume ( se as nabiças forem novinhas è só dar uma fervura).

segunda-feira, outubro 04, 2010

Moscovita



Um pudim bem fresco, e com crocante que faz as delicias de qualquer um

Como não levei ao congelador ele não ficou tão firme como deveria, mas ficou muito bom.


4 folhas de gelatina
4 gemas
150 g de açúcar em pó
2,5 dl de leite
1 vagem de baunilha
2 dl de natas

Para o nougat
1 colher de manteiga
150 g de açúcar
100 g de nozes

Ferva o leite com a vagem de baunilha.
Demolhe a gelatina em água fria.
Bata as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado.Junte o leite fervido, aos poucos mexendo sempre. Incorpore a gelatina escorrida e dissolva-a. Mexa de vez em quando para arrefecer.
Bata as natas e envolva-as no creme e leve ao congelador por cerca de 3 horas numa numa forma para pudins, previamente untada com óleo. (Eu coloquei no frigorífico em vez do congelador, ficou muito cremoso)

Para o nougat: Parta as nozes em pedacinhos. Numa frigideira leve o açúcar e a manteiga até derreterem e ficar um tom dourado, nessa altura junte as nozes, abane a frigideira para que estas sejam envolvidas no caramelo. Deite sobre uma superfície lisa e untada e deixe arrefecer. Com o rolo da massa parta o nougat em pedacinhos.

Desenforme o pudim, decore com o nougat.



quinta-feira, setembro 30, 2010

Lombo de porco assado á minha moda


Lombo de porco é carne muito usada nesta casa, uso quase sempre cachaço, é mais gordo, no entanto mais saboroso e  mais tenro e suculento.

A forma de temperar vai variando conforme a disposição e os ingredientes disponiveis neste caso, uma mistura de sal, coentros e alho desidratados, pimentão e louro, azeite e vinho branco, massajar a carne com este tempero e deixar repousar pelo menos uma hora. Levar a assar, regar com mais um fio de azeite e vinho branco, ir virando de vez em quando para assar por igual. 

Servi com batatas assadas, penca salteada com cenoura.

terça-feira, setembro 28, 2010

Bolo de chocolate da Beira Baixa



Este bolinho foi feito pela filhota, receita do livro "Cozinha Regional Portuguesa", muito fofo e gostoso. Serviu também para experimentarmos o óleo em spray espiga  para untar formas, acabaram-se os dedos untados com margarina.



4 ovos
250 g de açucar
60 g de manteiga
2 dl de leite
200 g de farinha com fermento
100 g de chocolate em pó
1 colher chá de sumo de limão

Batem-se as gemas com o açucar e a manteiga derretida, junta-se o leite, o chocolate e a farinha. Bate-se bem, adiciona-se o sumo de limão e as claras em castelo, envolve-se.
Leva-se a cozer em forma untada e polvilhada com farinha.

sexta-feira, setembro 24, 2010

Pudim dos Amores


Eu adoro fazer doces, tanto como os comer, há muito que não fazia pudins, comprei uma teleculinária onde só aparece pudins, anotei alguns para fazer e este foi o primeiro. Muito bom.

3 dl de leite
2 dl de natas
raspa da casca de 1 laranja
4 gemas+3 ovos
120 g de açúcar
1 colher de farinha maisena
Caramelo liquido

Untar a forma com caramelo liquido que pode ser de compra, eu fiz o caramelo, coloquei 100 g de açúcar numa frigideira pequena e alta e levei ao lume até o açúcar derreter e ficar com tom levemente dourado, nessa altura reguei com sumo de meia laranja, e deixei ferver até ficar novamente liquido (normalmente ao adicionar o liquido fica endurecido e salta bastante, mas com a fervura volta ao normal).

Ferver o leite com as natas e a raspa de laranja, deixar amornar.
Bater as gemas e os ovos com o açúcar e a farinha maisena, adicionar o leite morno aos poucos mexendo sempre.
Passar esta mistura por um coador e colocar na forma.
Levar a assar no forno em banho-maria por 45 minutos. Desenformar depois de frio.


quarta-feira, setembro 22, 2010

melão e figos com presunto em cama de folhas verdes


Uma entrada simples e deliciosa, que consistitu numa salada verde de mistura de alfaces verde e roxa, rucula e agrião, temperadas com sal, azeite e vinagre balsamico, melão cortado em cubos, figos cortados em quatro e tiras finas de presunto.

terça-feira, setembro 21, 2010

Farofa de cenoura e bacon


Esta é a farofa preferida pelo pessoal da casa e foi a que acompanhou o feijão preto e a couve.

1 cenoura ralada
1 cebola pequena finamente picada
1 dente de alho
cubinhos de bacon
1/2 pimento cortado em cubinhos bem pequenos
8 a 10 colheres de farinha de mandioca
azeite

Colocar um fio de azeite numa frigideira e levar ao lume com a cebola,o alho e o bacon picado, a cenoura e o pimento a fritar ligeiramente,(até a cebola ficar transparente), temperar com sal, acrescentar a farinha e misturar para agregar bem todos os ingredientes, a farinha vai absorver toda a humidade e engrossar ficando com um tom dourado. Apague e sirva .

domingo, setembro 19, 2010

penca salteada com alho e bacon



Esta foi a couve que acompanhou o feijão com orelheira do post anterior, como não tinha couve galega, foi uma penquinha, ou couve portuguesa como quiserem chamar.

A penca foi lavada e escolhida, retirei os talos mais grossos, miguei-a como se fosse para caldo verde, escaldei-a em água fervente, escorri.

Numa frigideira coloquei um fio de azeite, uma cebola pequena e 2 dentes de alho picados, acrescentei bacon cortado em cubinhos pequeninos e deixei fritar ligeiramente só até a cebola estalar temperei com sal e acrescentei as couves e deixei saltear, misturando bem para absorver os sabores.


sábado, setembro 18, 2010

Feijão preto com orelheira


Feijão preto


orelheira fumada

linguiça

cebola, alho e folha de louro

1 laranja





A orelheira costumo preparar de véspera, queimam-se todos os pelos, lava-se bem, raspa-se e volta-se a lavar. Costumo deixar de molho em água abundante.



Cozo em agua abundante, deixo esfriar e corto-a em pedacinhos.



Cozo o feijão preto em bastante água (costumo usar a panela de pressão). Reservar a água de cozer o feijão.



Num tacho coloco um fio de azeite, a cebola e o alho picado, junto uma folha de louro, e a linguiça cortada em rodelas, quando a cebola começa a alourar refresco com um pouco de vinho branco, junto a orelheira, um pouco de água e deixo refogar. Vou acrescentando aos poucos a água de cozer o feijão, nesta altura convém ver se está temperado ou se precisa de sal, normalmente não coloco pois a orelheira já é salgada. Quando a orelheira estiver bem refogada, junto o feijão e uma laranja inteira, deixo apurar mais um pouco. Gosto de deixar este feijão com algum molhinho.A Laranja é para absorver a gordura e deixa um gosto especial, depois do feijão pronto retiro-a.
Acompanho o feijão com farofa e couve salteada.

quinta-feira, setembro 16, 2010

Bifinhos de peru com bacon


Esta receita eu vi no blog da colher de pau, achei uma boa ideia para variar os bifes de peru, que em minha casa são muitíssimo usados.
Uma refeição muito simples e muito saborosa. 


bifes de peru cortados em pedaços

um fio de azeite

bacon cortado em tirinhas

50 ml de vinho branco

sal e pimenta



Temperar os bifinhos com sal e pimenta.

Numa frigideira coloque o azeite e frite ligeiramente o bacon, até dourar. Retire-o e reserve-o.

No mesmo azeite frite os bifes de peru em ambos os lados, até ficarem dourados. Junte o bacon e o vinho e deixe ferver alguns minutos para perder o álcool.

Servi os bifinhos com arroz de ervilhas

domingo, setembro 12, 2010

Arroz de tamboril com delicias de camarão


Tamboril limpo cortado em cubos pequenos.


3 tomates sem pele

1 cebola

2 dentes de alho

1/2 pimento verde

azeite

2 dl de vinho branco

coentros

1 chávena de arroz carolino

delicias de camarão

piri-piri

sal

limão

1 colher de sopa de pó de sopa de marisco



Temperar o peixe com sal e sumo de limão e reservar. Ferva as espinhas do tamboril. Coe e reserve



Pique a cebola, os alhos e o o pimento e leve-os a refogar num pouco de azeite, refresque com o vinho branco, acrescente os tomates cortados em pedacinhos e deixe-os refogar até desfazerem, acrescente um pouco do caldo reservado tempere com um pouco de sal e o piri-piri (pouco lembre-se que o peixe também tem sal), junte o arroz, misture com um garfo, e vá acrescentando o caldo aos poucos.Quando o arroz estiver a meio da cozedura, acrescente o tamboril e o liquido da marinada, misture, junte também as delicias de camarão, rectifique os temperos,se gostar dissolva a colher de sopa de pó de marisco num pouco de água fria e junte ao arroz, deixe o arroz acabar de cozinhar. Quando cozido acrescente os coentros picados. Apague o lume e sirva de seguida.



Nota: este arroz deve ficar bem malandrinho, por isso é necessário ir juntando o caldo á medida que vai cozendo.

sexta-feira, setembro 10, 2010

carne de porco estufada na panela de pressão


Comprei um pedaço de perna de porco que pedi para cortarem em pedaços para fazer rojões, mas acabei por não os fazer, e acabaram estufados na panela de pressão.

A carne de porco cortada em pedaços foi temperada com sal, pimentão, louro, cominhos, piri-piri, e vinho branco, ficou a marinar algumas horas, depois coloquei na panela de pressão com um fio de azeite e deixei alourar, acrescentei o liquido da marinada, um cebola cortada as rodelas, 1 pimento em tiras, 3 tomates médios sem peles, e um copo de água, tapei a panela e deixei após tomar pressão durante uns 15 minutos. Terminado o tempo, retirei a pressão e abri, a carne já estava macia, deixei ao lume com a panela aberta mais uns minutos para o molho apurar. Servi com arroz branco e salada de tomate.

quarta-feira, setembro 08, 2010

Arroz de carne de cozido


Este arroz surgiu da necessidade de aproveitar arroz branco que tinha sobrado de uma refeição e aproveitar a carne e enchidos (sobras de um cozido) que estavam no congelador. Viraram uma refeição saborosa e muito fácil e rápida de confecionar.

Coloquei um tacho com um pouco de água a ferver. Arranjei metade de um repolho, e cortei-o em pedaços, uma cenoura que cortei em rodelas, quando a água começou a ferver juntei os legumes e deixei cozer.


Quando cozidos juntei a carne e os enchidos do cozido e deixei ferver mais alguns minutos para libertarem o sabor e a gordura, provei, não juntei sal, pois a carne já tinha sal suficiente.

Juntei o arroz que já estava cozido e temperado, envolvi bem no caldo, deixei ferver para que o arroz absorvesse os sabores.

terça-feira, setembro 07, 2010

Que fruto é este?



Alguem conhece este fruto, foi a primeira vez que o vi, e provei,  o sabor é um pouco exotico vai do sabor a meloa, sem ser doce, ao sabor leve de pera.
Se alguem o conhecer e me puder dizer o nome para que eu possa procurar mais informações sobre o mesmo. Agradeço.

sábado, setembro 04, 2010

Parfait de limão


Uma delicia geladinha, numa tarde quente, uma maravilha.

3 dl de água
300 g de açúcar
1 limão
8 gemas
2 dl de natas

Ferva a água com o açúcar e as cascas de limão cortadas (só o vidrado). Deixe ferver 3 a 4 minutos, retire do lume e deixe amornar.
Verta 1,5 dl desta calda sobre as gemas, mexendo sempre. Passe por um passador de rede fina e leve as gemas a lume brando, mexendo sempre, até cozerem mas sem deixar ferver.
retire o preparado do lume e continue a bater com a batedeira eletrica até obter um preparado espumoso e firme.
À parte bata as natas até ficarem firmes e envolva-as delicadamente no preparado anterior.
Forre uma forma com película aderente ( eu usei a forma de silicone, pelo que não precisei de forrar) encha--a com o preparado e leve ao congelador.
Alguns minutos antes de servir desenforme, decore com as cascas de limão da calda  ou se prefeir cascas cristalizadas e sirva com a restante calda de limão levemente aquecida.

quinta-feira, setembro 02, 2010

sopa de penca






Raramente me lembro de publicar sopa, talvez porque a como todos os dias e a base das minhas sopas sejam normalmente idênticas variando os legumes conforme a época.

Neste caso a base foi composta por 2 batatas grandes,  1 xuxu, tudo descascado, lavado e cortado em rodelas, 1 cebola cortada em tiras, e 1 dente de alho, foi tudo a cozer num tacho coberto com água, quando cozido, foi reduzido a puré,e temperado com sal, quando recomeçou a ferver juntei uma penquinha que foi previamente lavada, escolhida e cortada em juliana fina. Deixei a couve cozer reguei com um fio de azeite e retirei do lume.
Gosto desta sopa também com feijão previamente cozido. 







terça-feira, agosto 31, 2010

Coelho embrulhado



Em casa coelho é uma carne muito apreciada, por ser uma carne branca com pouco teor de gordura, eu tento que ele entre mais vezes nas refeições do dia a dia, mas as preferência da família vão para os assados, e este ficou muito especial.

Eu costumo retirar todas as gorduras do coelho, gosto de o partir em pedaços e então temperar, neste caso foi temperado com sal, uma mistura de pimentão e louro picado, coentros e alhos esmagados, um pouco pimenta moída na hora e um fio de azeite, ficaram neste tempero cerca de 2 horas, depois enrolei cada pedaço numa tira de Bacon magro bem fina.

Na forma de barro de ir ao forno coloquei uma cebola grande cortada em rodelas e tomates sem peles cortados em pedaços, coloquei o coelho enrolado no Bacon por cima, reguei com um fio de azeite e levei ao forno médio regando de vez em quando com o próprio molho, quando ele começar a ficar tostado, vire-o com cuidado para ficar assado por igual de ambos os lados.

Servi com batatinhas assadas á parte e salada mista.




segunda-feira, agosto 30, 2010

cotovelos com delicias de camarão e espinafres


Encontrei estas delicias de camarão no super mercado, são delicias do mar em forma de camarão grande, uma delicia mesmo, resolvi fazer esta receita que pedia camarão, mas que foi muito bem substituído.

Cozer a massa em água fervente temperada com sal juntamente com uma cenoura cortada em pedacinhos.
Escorrer e reservar.
Numa frigideira ou wok colocar dois dentes de alho picados, uma cebolinha também picada e um fio de azeite, deixar ferver temperar com um pouco de sal, juntar os espinafres em folhas previamente lavados, deixar saltear um pouco até os espinafres murcharem, juntar então as delicias de camarão deixar saltear mais um pouco, eu também juntei tomatinhos cereja que andam em abundância na minha cozinha, mas a receita não pede.
Quanto os espinafres e as delicias estiverem no ponto juntar a massa reservada, um fio de azeite, temperar com uma pitada de pimenta moída na hora, envolver tudo. Apagar o lume. Colocar na taça de servir e deliciar-se.

domingo, agosto 29, 2010

Babaganush do Fabio


Esta é uma receita Israelita do Fábio da comunidade do orkut minhas tuas nossas receitas, uma pasta de beringela para barrar umas tostinhas, bem light deliciosa, escolhi esta entre as inúmeras receitas de babaganush pois a maioria delas, libanesas, tem na sua composição pasta de gergelim, que eu ainda não consegui encontrar, esta por sua vez é composta por  ingredientes bem simples que temos sempre em casa.

2 beringelas grandes
1 colher de sopa de alho espremido (usei 3 dentes de alho)
azeite
1 colher sopa de vinagre tinto
paprica picante (usei um piri-piri)
sal

Queime as beringelas directamente no bico do fogão até que a casca esteja totalmente queimada e a polpa esteja quase a desmanchar-se. Deixe arrefecer um pouco, retire as cascas. depois amasse a polpa manualmente até que fique uma pasta acrescente os outros ingredientes e misture bem (eu aqui coloquei a varinha magica e reduzi a puré juntamente com o alho, sal, azeite, e vinagre).
Verifiquei os temperos se estavam a meu gosto. Depois é só colocar numa tacinha e levar ao frigorífico  por 3 horas, depois é só ir petiscando com umas tostinhas, com pão sirio....

sábado, agosto 28, 2010

Sumo de melão e canela



Tenho a mania de comprar melões grandes pois acho que são os melhores, acaba sempre por sobrar, então para aproveitar fiz este sumo que ficou bem agradável.
Bati pedaços de melão bem fresco juntamente com uma colher de café de canela no liquidificador. Depois é só colocar no copo e servir.

sexta-feira, agosto 27, 2010

Espetadas de peru com legumes salteados


Compre bifes de perú mais grossos que o habitual e corte em cubos, tempere com sal, pimenta e sumo de limão.
Faça as espetadas intercalando os cubos de perú pedaços de cebola e pedaços de pimento, pincele com um pouco de azeite e leve a grelhar, virando de vez em quando para grelhar por igual de todos os lados.

Entretanto corte uma beringela em cubos, uma courgete em meias luas e alguns tomates cereja ao meio, tempere os legumes com sal, pimenta, cominhos, oregão e um fio de azeite.
Aqueça um Wok ou uma frigideira bem quente e salteie os legumes começando a colocar primeiro a beringela deixar saltear um pouco, depois juntar a courgete e por fim o tomate, deixar saltear mais um pouco, mexendo de vez em quando.

Servi as espetadas com os legumes e arroz branco.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...