Receitas culinárias simples, de rápida preparação, testadas por mim.

quarta-feira, dezembro 27, 2006

Salada de arroz, salsichas e beringela


Para aproveitar sobras de arroz

arroz cozido
salsichas
1 cenoura ralada
azeitonas
1 tomate
1 beringela
maionese

Corte a beringela em rodelas e grelhe-as de ambos os lados.
Grelhe as salsichas e corte-as as rodelas.
Forre a saladeira com rodelas de tomate, por cima coloque o arroz, a cenoura ralada, as rodelas de beringela cortadas aos quartos, as rodelas de salsichas e as azeitonas. tempere com a maionese, misture e sirva.

Roupa Velha


O Natal passou é tempo de reaproveitar as sobras .

Batatas cozidas
bacalhau cozido
couve portuguesa cozida
alhos
azeite
vinagre
cominhos
azeitonas

Num tacho coloque as batatas cortadas em pedacinhos, por cima o bacalhau em lascas
as couves cortadas em pedaços, tempere com alhos picados, cominhos regue com azeite e um pouco de vinagre e leve ao lume mexendo sempre até as batatas ficarem bem desfeitas.
Retire do lume, coloque em travessa e enfeite com azeitonas.

Aletria de leite


Mais um doce que não pode faltar na minha mesa em tempo de Natal.
1 l de leite
1 pitada de sal
100 g de aletria
1 casca de limão
1 pau de canela
200 g de açúcar
50 g de manteiga
canela em pó
5 gemas de ovos
Leve o leite ao lume com uma pitada de sal, o pau de canela e a casca de limão até levantar fervura.
Adicione a Aletria partida em bocadinhos, o açúcar e a manteiga, mexa e deixe a massa cozer até absorver todo o leite. (Se a massa ainda não estiver cozida acrescente mais um pouco de leite).
Retire do lume e junte as gemas bem batidas mexendo sempre para não talharem, leve novamente ao lume continuando a mexer até cozerem .
Retire o pau de canela e a casca de limão e verta para uma travessa.
Polvilhe com canela em pó.

Bolo de Ananás


6 ovos
8 colheres sopa de açúcar
6 colheres sopa de farinha
1 lata de ananás
cerejas em calda
açúcar para fazer caramelo


Faça um caramelo brando com açúcar e um pouco de calda de ananás.
Com este caramelo unte uma forma redonda, coloque as rodelas de ananás e as cerejas dentro dos centros do ananás.
Bata as gemas com o açúcar até ficar uma massa esbranquiçada, junte 3 colheres sopa de calda de ananás, mexa bem, junte 1 rodela de ananás partida aos bocadinhos, , misture, misture a farinha e envolva as claras batidas em castelo firme.
Coloque a massa na forma e leve a assar em forno a 180º. Faça o teste do palito e quando estar cozido desenforme.

Rabanadas de leite


Rabanadas não podem faltar numa mesa natalícia.

1/2 l de leite
1 canela em pau
1 casca de limão
açúcar
canela
6 ovos
1 cacete

Ferva o leite com um pau de canela e uma casca de limão e açúcar a gosto (deve ficar bem docinho).
Corte o cacete em fatias mais ou menos com 2 cm.
Mergulhe o pão no leite ainda quente com cuidado para ficar bem molhadinho mas sem desfazer,retire, escorra numa rede.
Bata os ovos muito bem e passe neles o pão e leve a fritar em óleo bem quente, até ficarem douradas.
Coloque sobre papel absorvente e depois passe por uma mistura de açúcar e bastante canela.

Bolo Rei



Meu bolo rei, seguindo a receita á risca, uma delicia.
A receita esta aqui http://bau-receitas-conceicaocoelho.blogspot.com/2006/11/bolo-rei.html#links

Tronco de Natal


Este troco ficou uma delicia, muito fácil de fazer, e muito bonito numa mesa de Natal.

Para a massa:4 ovos
100 g de açúcar
4 colheres sopa de farinha com fermento

Para o recheio e cobertura:
200 g de chocolate em tablete
50 g de manteiga
2 dl de natas
nozes

Para decoração:
nozes
cerejas e abóbora cristalizada para enfeitar

Creme e cobertura:
Aqueça as natas com a manteiga, junte o chocolate partido em pedaços e mexa até derreter completamente e obter uma consistência aveludada. Reserve.

Massa:
Bata as gemas com o açúcar até obter uma massa esbranquiçada.
Bata as claras em castelo e adicione-as á gemada alternando com a farinha peneirada.
Deite a massa num tabuleiro forrado com papel vegetal e untado.
Leve a assar em forno a 180º, por cerca de 15 a 20 minutos.
Desenforme sobre uma folha de papel vegetal, enrole com a ajuda desta, desenrole e cubra com o creme de chocolate, polvilhe com nozes picadas e volte a enrolar.corte uma das pontas do rolo e cole em um dos lados com um pouco de creme de chocolate.Barre todo o bolo com o creme, leve ao frigorífico para solidificar e volte a barrar com o mesmo creme, com um garfo faça ranhuras em todo o cumprimento, decore as extremidades com nozes, faça um raminho com as cerejas e com a abóbora cristalizada faça folhinhas e decore.
Salpique com um pouco de açúcar confeiteiro para dar a ideia de flocos de neve.

Nota: Fiz outro que recheei com doce de alperce e coloquei pedacinhos de alperces secos partidos em bocadinhos por cima do recheio. Também ficou uma delicia.

domingo, dezembro 03, 2006

Azevias de Grão




O Natal está aí, já apetece aquelas especialidades, esta é tradicional no Norte, espero que gostem.

Para a massa:
250 g de farinha
1 pitada de sal fino
75 g de manteiga
1 ovo
um pouco de agua

Para o recheio:
250 g de grão cozido
150 g de açúcar
1,5 dl de agua
raspa de 1 laranja
2 gemas
canela
óleo para fritar

Prepare a massa:
Coloque a farinha e o sal numa tigela.
Adicione a manteiga fria aos pedaços e amasse, acrescente o ovo, amasse e vá juntado a agua aos pouquinhos até ficar uma massa que possa ser trabalhada com o rolo.

Prepare o recheio:

Tire a pele ao grão cozido e esmague.
Com o açúcar e a agua prepare uma calda de açúcar fazendo ponto assoprado(quando ao soprar a escumadeira retirada da calda se formarem bolas que ficam agarradas á escumadeira).
Junte o puré de grão, raspa de laranja e deixe ferver suavemente até fazer estrada.
Fora do calor junte as gemas e a canela, mexa muito bem.

Estenda a massa, disponha uma colher de recheio, dobre a massa e corte em meias luas.
Frite em óleo bem quente e escorra sobre papel absorvente

Se gostar polvilhe com açúcar e canela.

Bola de Carne II




Tenho andado á procura de uma receita de bola de carne igual ás que se compram em alguns cafés, ainda não encontrei, mas esta ficou muito fofinha, o gosto bastante agradavel, é perfeita para um lanche. Ficou enorme, da próxima vez divido a massa e faço duas mais pequenas.

500 g de farinha
3 ovos
1 saqueta de fermento fermipan ou 30 g de fermento padeiro
50 ml de vinho do porto
100 ml de leite morno
2 colher sopa de açúcar
100 g de margarina
1 pitada de sal fino
Carnes frias a gosto (fiambre, chourição, presunto, bacon, mortadela)
Queijo em fatias

Peneire a farinha, junte o fermento fermipan (se for fermento padeiro desfazer num pouco de leite morno e juntar 100 g de farinha e deixar levedar até ficar em esponja).
Faça uma cova no centro da farinha e junte os ovos, a manteiga, o açúcar, a pitada de sal, o leite e o vinho do Porto, e amasse muito bem até ficar uma massa bem elástica.
Faça uma bola e deixe levedar cerca de 20 minutos em local morno.
Com o rolo estenda a massa e coloque as carnes frias por cima e o queijo, enrole e deixe repousar por mais 20 minutos.
Pincele com ovo batido e leve ao forno a 180º até ficar bem dourado, nessa altura espete o palito e veja se está cozido.

Tarte Outonal


Esta tarte é muito simples de preparar, o que lhe dá o toque especial é a mistura da fruta fresca com os frutos secos que estão na decoração.
Na massa se preferir pode trocar as nozes por raspas de laranja que também fica muito bom.

Para a massa:
200 g de farinha
40 g de açúcar
uma pitada de sal
1 colher de chá de fermento em pó
1 gema
2 claras
50 g de margarina
3 colheres sopa de leite
100 g de nozes bem picadinhas

Para o creme:
0,5 de leite
1 casquinha de limão
1 pau de canela
5 gemas
5 colheres sopa de açúcar
uma pitada de baunilha
2 colheres sopa de farinha maizena
3 folhas de gelatina incolor

Para decorar:
1 laranja
1/2 xícara de passas
1 xícara de nozes

Prepare a massa:

Misture a farinha com o fermento, o sal e o açúcar. Abra uma cavidade e no centro coloque a gema, as claras, a margarina e o leite. Misture tudo até obter uma massa flexível e adicione por fim as nozes picadas, envolvendo bem. Deixe em repouso cerca de 20 minutos e de seguida estenda com um rolo sobre superfície enfarinhada.
Forre com ela uma tarteira , cubra com papel de alumínio e encha com leguminosas.
Leve ao forno pré-aquecido durante 15 a 20 minutos.

Prepare o Recheio:

Ferva metade do leite com a casca de limão e o pau de canela.
Á parte bata as gemas com o açúcar, a baunilha e a maizena, junte o restante leite frio e mexa bem.
Adicione este composto ao leite quente e leve ao lume em banho-maria, até engrossar, mexendo sempre.
Retire e incorpore a gelatina previamente demolhada e espremida.

Finda a cozedura da tarte retire o papel de alumínio e as leguminosas e recheie com o creme.
Deixe solidificar, no frigorífico.
Sirva decorada com as rodelas de laranja, passas e nozes picadas.

Lulas recheadas com arroz


Esta receita retirei-a do livro de Peixes da Vaqueiro, é bem diferente das lulas recheadas que costumo preparar, gostei bastante, as lulas por si só já são uma refeição completa, mas fritei umas batatas para acompanhar o molhinho e preparei uma saladinha para complementar.

750 g de lulas médias
1 cebola picada
2 colheres sopa de azeite
75 g de arroz
2 tomates picados
1 dente de alho
2 colheres de sopa de salsa picada
1 dl de agua
0,5 dl de vinho branco
sal e pimenta (usei malagueta)

Para o molho:
1 cebola picada
1 cenoura picada
30 g de margarina
1 colher de azeite
3 tomates pelados
1 copo de vinho branco

Prepare as lulas: puxe cuidadosamente para fora do saco a cabeça e as vísceras. Retire a cartilagem transparente e dura que está no interior dos sacos.
Corte os tentáculos junto á cabeça. e deite a cabeça fora.
Tire a pele escura que reveste os sacos e os tentáculos. Vire os sacos do avesso e lave-os bem.
Corte os tentáculos em bocadinhos.

Numa frigideira, aloure a cebola picada em 2 colheres sopa de azeite. Junte o arroz cru e deixe alourar. Adicione os tentáculos, os tomates picados sem peles, o dente de alho picado, a salsa picada, a agua, o vinho. Tempere de sal e pimenta e deixe cozer tapado durante 5 minutos.
Encha os sacos das lulas com este preparado e feche-o com um palito.

Num tacho deite a cebola e a cenoura picada, a margarina e o azeite, os tomates pelados e o copo de vinho. Introduza as lulas tape e deixe cozer em lume brando cerca de 40 minutos.

segunda-feira, novembro 27, 2006

Biscoitos saloios


Estes biscoitos foram feitos pela minha filha e pelo meu sobrinho de 4 anos, ficaram lindos, Adoro vê-los a brincar com a massa.
Na minha opinião ficaram bem doces, quando fizer novamente vou reduzir o açúcar para metade.

200 g de farinha de trigo
100 g de farinha de milho
100 g de margarina
150 g de açúcar
3 colheres sopa de mel de cana
1 colher chá de canela
1 colher chá de erva-doce
1 colher de chá de fermento
2 ovos
1 colher sopa de azeite

Peneire as farinhas para uma tigela, junte a margarina, o açúcar, o mel, a canela, erva-doce, fermento, os ovos inteiros e o azeite. Misture até obter uma massa homogénea.
Tenda bolinhas e achate-as.
Leve a cozer em forno a 180º durante cerca de 10 minutos.

Costoletas de Novilho Grelhadas



Para aqueles dias em que queremos uma boa refeição sem qualquer trabalho.
Para 2 pessoas:

2 costeletas de novilho
sal
azeite, alho e pimenta em grão moída na hora
batatas médias

Lave bem as batatas com pele e leve a assar com bastante sal.
Quando as batatas estiverem quase assadas, tempere as costeletas com sal e leve a grelhar de ambos os lados.
Triture o alho e leve a ferver com o azeite.
Dê um soco nas batatas e sirva com as costeletas, regue com o azeite fervido e polvilhe com a pimenta moída na altura.

sexta-feira, novembro 24, 2006

Manjar de café


Manjar de Café

Adorei o sabor do manjar, como não coei o crocante das nozes deram uma textura que me agradou, tive um deslize ao desenformar, não sei o que aconteceu, provavelmente não untei bem a forma e não consegui o resultado pretendido, então como tinha visitas e queria um visual mais bonitinho coloquei em taças, enfeitei com o chantily e nozes, e ninguém percebeu que era para ser um pudim, e todos amaram. Na próxima vez que fizer coloco directamente nas taças e levo ao frigorífico assim tenho a certeza que ficam lindas.
5 folhas de gelatina
150 g de miolo de noz
150 g de açúcar
0,5 l de leite
1 colher café de essência de baunilha
1 chávena de café forte
2 dl de natas
Chantily e nozes ou grãos de café para decoração

Amoleça a gelatina em água fria.
Triture as nozes com um pouquinho de agua e 1 colher de açúcar.
Ferva o leite e fora do lume junte-lhe a essência de baunilha e a pasta de nozes, tape e deixe repousar durante 15 minutos.
Coe o leite (não coei, gosto de sentir os pedacinhos das nozes) e leve novamente ao lume com 100 g de açúcar, o café e deixe levantar fervura. Apague e junte a gelatina bem espremida, mexendo bem até dissolver.
Deixe arrefecer completamente e adicione as natas batidas com o restante açúcar.
Unte uma forma de pudim com óleo e deite o creme dentro. Leve ao frigorífico no mínimo por 3 horas.
Mergulhe a forma por alguns segundos em água quente e desenforme.
Decore com chantily e nozes

domingo, novembro 19, 2006

Bolo de cenoura e amendoa



Bolo cenoura e amêndoas


Este bolo ficou muito fofo, adorei a crocancia da amêndoa no meio do bolo. Muito bom para acompanhar um café ou um chazinho.

5 ovos
4 cenouras médias
200 g de amêndoa ralada (levemente)
200g de açúcar amarelo
200g de farinha
1 colher chá fermento em pó
3 colheres sopa de leite

Bata no liquidificador coloque as cenouras cortadas em pedaços, o açúcar, os ovos, e o leite.

Noutro recipiente coloque a farinha peneirada, o fermento e a amêndoa, adicione o creme do liquidificador e misture muito bem até ficar um creme homogéneo.

Coloque a massa em forma untada e enfarinhada, e leve ao forno a 180º por cerca de 30 a 40 minutos.

Trancinhas amanteigadas


Trancinhas amanteigadas

Estes biscoitinhos são uma delicia, a receita é do livro receitas royal abaixo mencionado, pede para fazer tranças com 3 rolinhos, mas confesso que achei mais fácil e que ficavam mais bonitinhos só com dois.

200g de farinha
1 colher de sopa bem cheia de manteiga
3 gemas
3 colheres bem cheias de açúcar (usei amarelo)
1/2 colher sobremesa de fermento em pó
2 colheres de sopa de leite
raspa da casca de 1/2 limão
manteiga p/ pincelar.

Peneire a farinha com o fermento.
À parte bata todos os restantes ingredientes muito bem, por fim junte a farinha e amasse até estar tudo bem ligado.
Deixe descansar a massa por 15 minutos no frigorífico.
Sobre uma pedra enfarinhada, faça uns rolinhos da espessura de 1 cm e com 10 cm de cumprimento.
Com 3 rolinhos faça trancinhas que vão ao forno forte em tabuleiro untado e polvilhado, por 10 minutos.
Tire do forno e ainda quentes pincele com manteiga.

Rancho

Rancho

Tinha uma mão de vaca em casa que tinha que usar, lembrei-me de fazer Rancho não tinha massa cotovelos, foi mesmo com lacinhos e ficou muito boa.

Se alguém tiver alguma sugestão de uma forma mais rápida e eficiente para preparar a mão de vaca diga-me, a minha filha adora, mas eu odeio preparar, por mais que me esforce em retirar todos aqueles pelitos, queima-los,rapa-los etc, depois da primeira cozedura aparece sempre mais algum que acabo por cortar o pedaço e deitar fora.
A receita é a olhometro.

1/2 mão de vaca
200 g de carne de vaca cortada aos cubos
Algumas rodelas de chouriço
1 cenoura
cebola, alho, sal, azeite,
folha de louro, 1 dl de vinho branco
coentros
1 lata de grão de bico
massa cotovelos
2 colheres sopa polpa de tomate

Comece por arranjar a mão de vaca, lave bem, raspe, retire todos os pelos e leve a cozer na panela de pressão por cerca de 15 minutos em agua temperada de sal.

Retire a mão de vaca, corte em pedaços, retire os ossos, verifique os pelos (depois de cozida costuma aparecer mais alguns pelos, retire essa parte).

Faça o refogado com o azeite, a cebola e o alho picado, quando estiver levemente louro, adicione a polpa de tomate, o vinho, o louro, a carne de vaca, a mão , as rodelas de chouriço, a cenoura cortada em cubos, tempere de sal, adicione um pouco de agua e deixe estufar, quando a carne estiver cozida, junte mais agua, deixe ferver junte a massa e o grão e deixe cozer e apurar, antes de retirar junte um pouco de coentros picadinhos.

domingo, novembro 12, 2006

Arroz de cenoura e frutos secos no micro-ondas

Arroz de cenoura e frutos secos no micro-ondas

Desde que aprendi a fazer arroz no micro-ondas não quero outro, fica sempre soltinho, não tem qualquer segredo, até uma criança consegue fazê-lo, depois é explorar os sabores.

Desta vez fiz com cenoura e frutos secos (pinhões e castanhas assadas que me tinham sobrado).

Da próxima vez retiro a cenoura e aprecio só os frutos secos acho que a cenoura não combina com eles.

Numa panelinha de ir ao micro coloque um fio de azeite, tempere de sal e alho esmagado, coloque a cenoura raspada, as castanhas assadas e cortadas em lascas e os pinhões, misture bem, junte 1 chávena de arroz, misture bem para envolver na gordura, coloque 2 chávenas de agua, misture, leve ao micro por 15 minutos na temperatura máxima. Apague e deixe repousar dentro do micro mais 10 minutos.

Perna de Peru com castanhas



Perna de Peru com Castanhas


A minha opção para o S. Martinho, foi uma perninha de peru com castanhas assadas como acompanhamento, adoro substituir as batatas por castanhas.

1kg de castanhas
1 perna inteira de peru
sal,pimenta ou piri-piri
alho, cebola, salsa, alecrim
1 cálice de vinho do porto
azeite

Peça no talho para desossar a perna, eu costumo fazer em casa com ajuda de uma faca bem afiada, mas é uma tarefa um pouco complicada.
Não é obrigatório desossar, mas o tempero entranha-se melhor na carne, ficando uma carne mais suculenta e gostosa.
De véspera tempere a carne com sal, pimenta ou piri-piri, alho esmagado,alecrim, cebola as rodelas, salsa picada e regue com o vinho do Porto e azeite. Deixe marinar até ao dia seguinte.
Coloque a carne num tabuleiro e junte a marinada, leve a assar até a carne estar douradinha e bem macia.


Entretanto prepare as castanhas, lave-as, de-lhes um golpe em toda a volta do corpo e coloque em tabuleiro, tempere com bastante sal e leve-as a assar até abrirem, não deixe assar demasiado para não ficarem duras.
Logo que abram descasque-as.
15m antes de retirar a carne junte as castanhas e deixe-as acabar de assar até ficarem douradas.
Sirva com nabiças salteadas como acompanhamento.

Azeitonas curadas

Azeitonas

Estas azeitonas eram para ser comida de passarinho, mas será que os passarinhos gostam destes frutinhos tão amargos?
Fui á aldeia, acreditam que quase ninguém apanha as azeitonas, pelo trabalho que dão, a minha mãe andou a apanha-las e agora é prepara-las.
Como se transforma este fruto tão amargo nas azeitonas que estamos habituadas a comprar já bem temperadinhas.

É fácil, mas demora uns tempos.
Primeiro passo é colocar em baldes com bastante água e ir trocando a agua todos os dias. Curioso como a agua fica preta.
Ao fim de 10 dias começa-se a curtir, coloca-se com bastante sal grosso as quantidades não sei foi a olhometro, alho cortado, folhas de louro e rodelas de limão, troca-se a agua mais ou menos de semana a semana e vai-se temperando até estar ao nosso gosto, leva mais ou menos mais 3 ou 4 semanas até ficarem boas para se comerem.

Bolo rei


Bolo Rei




Já cheira a Natal, as ruas já estão enfeitadas, as montras das confeitarias já exibem as doçarias tradicionais, aquele cheirinho a bolo rei já paira no ar, deu-me vontade de fazê-lo, não tinha frutas cristalizadas, mas também não aprecio muito, as poucas que tinha coloquei para enfeitar.
Outras das coisas que não gosto nos bolos réis é que costumam estar cheios de açúcar confeiteiro por cima.
Este Bolo Rei ficou muito fofinho, o sabor característico, todos adoraram, na próxima vez coloco os frutos cristalizados, para o visual ficar mais bonito.

A massa é um pouco grudenta e um pouco difícil de moldar em bola, não se preocupe depois de levedado ela está na perfeição, outra sugestão que me deram e eu acatei, foi a meio da levedura voltar a sovar um pouco a massa, levemente, para ela baixar, fica mais fofinha.

Esta quantidade deu um bolo rei enorme, se quiser divida a massa em dois e faça mais pequenos.

700g de farinha
40 g de fermento padeiro (usei 11 g de fermento fermipan)
1 dl de água tépida
150 g de margarina
175 g de açúcar
raspa de casca 1 laranja e de 1 limão
4 ovos
2 cálices de vinho do Porto
150 g de frutas cristalizadas (não usei mas da próxima vez que fizer coloco)
150 g de frutos secos (nozes, amêndoas, pinhões e passas)

Para decorar:
frutas cristalizadas a gosto
geleia
1 ovo batido

Peneire a farinha e retire uma chávena.
Dissolva o fermento padeiro na água tépida e junte a chávena de farinha reservada. No caso da fermento fermipan, junte directamente na farinha reservada e depois coloque água. Deixe levedar por 15 minutos em local temperado.
Bata a margarina com o açúcar, raspa de limão e laranja, os ovos e o vinho do Porto.
Junte este preparado á massa do fermento e junte a farinha, amasse bem, e sove até obter uma massa elástica.
Pique as frutas cristalizadas e as frutas secas e junte á massa anterior.
Forme uma bola e deixe levedar em local temperado por cerca de 5 a 6 horas.
Coloque em tabuleiro untado e enfarinhado a massa e abra um buraco no meio da massa (tarefa complicada, o melhor é colocar uma pequena tigela que possa ir ao forno no centro para não voltar a tapar).
Pincele com o ovo batido, e enfeite com as frutas cristalizadas

Deixe levedar mais meia hora e leve a cozer em forno a 200º durante 35 m a 45 minutos.
Depois de cozido pincele com geleia.
Pode complementar a decoração com montinhos de açúcar confeiteiro e fios de ovos.

segunda-feira, novembro 06, 2006

Bolachas da avó

Bolachas da Avó

Esta receita é do livro que postei anteriormente, ficaram óptimas, cresceram bastante, a receita diz para fazer um creme de limão e colar duas a duas, eu preferi simples, mas vou colocar a receita completa, para quem quiser experimentar.

Para as bolachas:

30 g de maizena
250 g de farinha sem fermento
150 g de açúcar
80 g de manteiga
1 colher de chá de fermento
2 ovos
2 gotas de essência de baunilha

Junte tudo pela ordem indicada trabalhando pouco a massa.
Estenda com um rolo e corte com o corta-massas em forma de bolachas.
Leve ao forno em tabuleiro untado e forrado com papel vegetal também untado.
Deixe arrefecer e recheie com creme de limão juntando duas a duas.

Creme de Limão

500 g de açúcar pilé(confeiteiro)
125 g de manteiga sem sal
3 ovos
sumo de 3 limões
raspa de 2 limões

Ponha o açúcar com o sumo e as raspas até dissolver.
Junte a manteiga previamente derretida em banho-maria.
Bata bem os ovos e junte-os pouco a pouco aos outros ingredientes.
Leve ao lume em banho-maria.
Quando tudo estiver derretido, passe por um passador e leve outra vez ao lume em banho-maria para engrossar um pouco.
Este creme metido em frascos, conserva-se bastante tempo.
Nota: Serve para rechear bolachas, bolos e barrar torradas.

sábado, novembro 04, 2006

Receitas Royal

Uma edição de Janeiro de 1952, um tesouro encontrado no meio de uma pilha de revistas.



Vou já começar a vasculhar, esperem as novidades!

quarta-feira, novembro 01, 2006

Supremo de Banana


Supremo de Banana

Uma sobremesa rapida e facil de fazer, para aqueles dias que não temos grande disponibilidade.


6 dl de leite
3 colheres sopa de farinha maizena
1 xícara de chá de açúcar
3 gemas
3 bananas maduras
100 g de bolacha Maria
chantilly
Caramelo liquido

Aqueça o leite até que chegue quase ao ponto de ebulição.
à parte misture o açúcar com a farinha maisena e, aos poucos vá acrescentando o leite, mexendo até que engrosse.
Bata as gemas e incorpore-as ao creme.
Cozinhe por uns momentos, mexendo sempre, retire e deixe arrefecer ligeiramente.
Descasque as bananas, corte-as em rodelas . Esmague as bolachas em pó.
Numa Taça, disponha o creme, as bolachas e as bananas, em camadas alternadas.
Termine com chantilly, polvilhe com bolacha e leve ao frigorífico até ao momento de servir

domingo, outubro 29, 2006

Jardineira com beringela

Jardineira com Beringela


Mais uma tentativa para conseguir que os meus meninos comecem a gostar da beringela e outros legumes, posso dizer que todos comeram e não reclamaram.



1 cebola,
1 dente de alho
1 dl de vinho branco
azeite
1 tomate grande
folha de louro
rodelas de chouriço
carne de vaca cortada em cubinhos
6 batatas (médias)
2 cenouras médias
1 xícara de ervilhas
1 beringela pequena
Sal

Refogar a cebola e o alho no azeite, juntar o tomate sem peles e cortado aos pedaços, o vinho, temperar com sal, o louro, juntar a carne e deixar estufar.
Descascar as batatas e cortar em cubinhos e lavar bem, para retirar parte da goma, cortar as cenouras em cubinhos, cortar as beringelas em bocados.
Quando a carne estiver macia juntar as batatas, as cenouras, a beringela e as ervilhas, juntar agua quente até tapar os legumes e deixar estufar, rectifique os temperos e deixe apurar.
Sirva.

Massa á labrador

Massa á labrador


Sobrou-me um pouco da jardineira anterior, e como não gosto de desperdiçar comida, lembrei-me desta massa.


Sobras de jardineira
1 xícara de grão de bico cozido
1 cenoura
carne de vaca cortada em cubinhos
massa
cebola, alho,
sal, folha de louro
tomate
azeite

Faça um refogado com azeite, cebola e alho bem picados, junte o tomate picado, sem peles, tempere com sal e folha de louro junte um pouco de agua junte a carne e a cenoura cortada em rodelas, e deixe estufar.
Quando a carne estiver cozida, junte agua suficiente para cozer a massa, quando ferver junte a massa, o que sobrou da jardineira, o grão, e rectifique os temperos.
Deixe cozer e apurar .

Bolachinhas de amendoim

Bolachinhas de amendoim

Òptimas para acompanhar um café ou chá.

80 g de manteiga
80 g de açucar
1 gema
1 colher sopa de leite
70 g de amendoim picado
160 g de farinha
1 colher sopa de chocolate em pó
canela em pó

Bata a manteiga com o açucar até obter um preparado cremoso.
Junte a gema, o leite, o amendoim, a farinha, o chocolate e a pitada de canela.
Amassar até se soltar da tigela.
Tenda a massa sobre bancada polvilhada com farinha e corte-a com um cortador .
Coloque as bolachinhas em tabuleiro untado e polvilhado de farinha, leve a assar em forno pre-aquecido por 8 a 10 minutos.

Bolo Formigueiro


Bolo Formigueiro

Uma delicia de bolo, optímo para um lanche.

3 cenouras grandes
4 ovos
2 xicaras cha de açucar
3 xicaras cha de farinha
1 colher sopa de fermento em pó
3 colheres sopa de coco ralado
3 colheres sopa de pepitas de chocolate
1 xicara de cha de óleo (eu coloquei cerca de 2/3 da xicara)

Calda3 colheres chocolate em pó
1 e 1/2 xicara de leite
1 colher cha de manteiga
1 xicara de açucar

Bata no liquidificador as cenouras cortadas aos bocados com os ovos, o açucar e o óleo.
Numa taça misture a farinha, o fermento, o coco e as pepitas de chocolate, e coloque o creme do liquidificador.

Misture bem, e leve a assar em forma untada e polvilhada em forno a 180º.

Faça a calda:
Misture todos os ingredientes e leve ao lume até engrossar um pouco, mexendo sempre.

Depois de desenformar o bolo coloque a calda e deixe arrefecer.

Rojões à moda do Minho

Rojões à moda do Minho

Um prato que eu adoro mas evito devido á quantidade de gordura.


1kg de carne de porco cortada aos cubos (de preferencia da perna e barriga)
200g de tripas enfarinhadas
200g de redenho
100g de sangue de porco cozido
100g de figado de porco
5 dentes de alho
2 folhas de louro,sal, malagueta
2 dl de vinho tinto
1 pitada de cominhos
óleo para fritar


Lave muito bem o redenho.
Num alguidar coloque a carne e o redenho e tempere com sal, cominhos, malagueta,, os alhos esmagados, a folha de louro e o vinho, deixe a marinar de um dia para o outro.

Num tacho coloque um pouco de óleo, o redenho, os rojões e o liquido da marinada, deixe cozer até o liquido se tranformar em gordura e dourar as carnes.
Depois de bem dourados, retire os rojões,e o redenho e frite nessa gordura o figado cortado em pedaços, as tripas, e o sangue.


Sirva os rojões acompanhados por batatas fritas cortadas aos cubos, ou castanhas fritas e picles.
No meu caso eu servi com batata cozida e grelos salteados.

Pão integral


Pão Integral
Este pão ficou fofissimo, muito bom, a massa fica meio grudenta, mas no final o resultado é surpreendente.

1 xícara de germem de trigo
1 e 1/2 xícara de farinha trigo integral
1 xícara de farinha de centeio
3 xícaras de farinha de trigo
1 envelope fermento fermipan (11g)
1 colher de café de sal
1 colher de sopa de açúcar
1 e 1/2 xícara de leite morno
4 ovos
Misturar todos os ingredientes secos e os ovos e depois vá acrescentando o leite, vá amassando a massa até ficar lisinha e sove bem.
Deixe crescer por 30 minutos.
Passado esse tempo sove mais um pouco, e coloque em forma untada, deixe crescer mais 20 minutos.
Pincele com leite e leve a assar em forno a 180º até ficar corado.

Dá para 1 pão grande ou 2 médios.

sábado, outubro 21, 2006

Esparguete á minha moda


Esparguete á minha moda


Esta é a minha forma preferida de comer esparguete, estufadinha com bastante molhinho, uma delicia.
As medidas deixo ao critério de cada um, faço a olho.

1 cebola
1 dente de alho
vitela cortada aos cubos
rodelas de chouriço
1 cenoura cortada as rodelas
1 tomate
1 dl de vinho branco
1 punhado de ervilhas congeladas
massa esparguete
Sal
1 folha de louro

Aloure ligeiramente a cebola bem picadinha e o dente de alho, junte o tomate cortado aos pedaços e livre de peles, a folha de louro, o vinho, a vitela , o chouriço, e a cenoura , tempere com sal, junte um pouco de água e deixe estufar bem até a carne ficar cozida.
Junte mais água suficiente para cozer a massa, deixe estufar mais um pouco, rectifique os temperos, junte a massa e deixe estufar até a massa ficar cozida.
Cinco minutos antes de apagar junte as ervilhas.
Eu gosto da massa bem cozida, isso fica ao critério de cada um.

Bolachinhas de espiral


Bolachinhas de espiral

Estas bolachinhas fiz para o lanche , para acompanhar um chazinho, como estava com pressa não aguardei a hora no frigorífico nem levei ao congelador, também acho que não foi preciso uma vez que a massa moldava-se muito bem. Ficaram bem gostosas, no entanto coloco aqui a receita original.

150 g de açúcar
100 g de margarina
1 ovo
300 g de farinha
1 colher sopa de fermento em pó
1 colher sopa de cacau
1 colher de sopa de leite
1 colher café de essência de baunilha

Bata o açúcar com a margarina até obter um creme.
Junte o ovo e metade da farinha e o fermento, continue a mexer até ficar uma massa homogénea.
Adicione a restante farinha, misturando muito bem, amasse com a mão.
Divida a massa em duas, na primeira junte a essência de baunilha, misture bem e reserve no frigorífico.
Na segunda misture o cacau previamente diluído no leite, misture bem e reserve também no frigorífico por aproximadamente 1 hora.
Estenda primeiramente a massa de baunilha, com a ajuda de um rolo até ficar com 0,5 cm de espessura, por cima desta estenda a massa de cacau, enrole a massa e aperte bem.
Embrulhe a massa em papel de alumínio e leve ao congelador por cerca de uma hora.
Desembrulhe e corte o rolo em fatias de 0,5 cm de espessura.
Coloque as fatias deitadas em tabuleiro untado e polvilhado de farinha.
Leve a assar em forno a 200º por cerca de 8 minutos.

quinta-feira, outubro 19, 2006

Tarte de Natas


Tarte de Natas

Esta receita retirei do site da vaqueiro, ficou uma delicia.

Para a massa:
250 g de farinha
3 colheres de sopa de açúcar
125 g de margarina
1 ovo pequeno

Para o recheio:
4 ovos
6 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de maisena
2 dl de leite
2 dl de natas

Preparação da base:

Misture a farinha com o açúcar, adicione-lhe a margarina cortada em pedaços e trabalhe com as pontas dos dedos até obter uma areia grossa.
Junte o ovo e misture os ingredientes até conseguir moldar a massa em bola.
Estenda a massa e forre uma forma de tarte com cerca de 22 cm de diâmetro.
Pique o fundo com um garfo e deixe repousar no frigorífico.
Ligue o forno e regule-o para os 200 °C.
Leve a massa ao forno e deixe cozer cerca de 15 a 20 minutos.
Prepare o creme:

Bata os ovos com o açúcar.
Dissolva a maisena no leite frio e junte à gemada.
Leve ao lume e deixe engrossar, mexendo.
Adicione as natas e misture bem.
Retire do calor e deixe arrefecer.
Deite o creme preparado na caixa de massa e leve ao forno cerca de 25 minutos.
Quando o creme começar a alourar, polvilhe a superfície com açúcar e ligue também a grelha superior do forno.
Deixe caramelizar.

sábado, outubro 14, 2006

Brioches de Banana do Mauro


Brioche de Banana do Mauro Rebelo
Uma delicia de pãozinho recheado, fofinho, é só seguir a receita e dá tudo certo, a minha dificuldade foi rechear e fechar as bolinhas, ainda tenho muito que treinar.
A única alteração que fiz foi no recheio só tinha duas bananas bem pequenas então juntei maça. Ficou óptimo.

Para a esponja:100 g de farinha de trigo
11 g de fermento biológico desidratado ou 35 g de fermento biológico fresco
100 ml de água

Para a Massa:100 ml de leite integral
1 colher (chá) de sal
100 g de açúcar
100 g de manteiga em temperatura ambiente
1 ovo
400 g de farinha de trigo

Recheio:
4 bananas prata amassadas (usei 2 e coloquei 2 maças bem picadinhas)
2 cravos
1 xícara de açúcar

Faça a esponja:Coloque a farinha de trigo e o fermento em uma vasilha. Coloque a água e misture. Cubra a vasilha com pano e deixe descansar por 30 minutos.

Faça a massa:
Coloque a esponja na batedeira e adicione o leite, o sal, o açúcar, a manteiga e o ovo.
Bata para misturar. Adicione a farinha aos poucos até dar o ponto de pão - a massa deve estar macia e húmida.
Coloque a massa em uma bancada e corte em bolinhas.
Cubra com plástico e deixe descansar por 15 minutos.
Unte uma forma com óleo.

Modele as bolinhas: Abra com a palma da mãos recheie com o doce de bananas e feche a bolinha.
Coloque na forma e espere os brioches dobrarem de volume.
Pincele com a gema e leve ao forno (200 graus) por 20 minutos.
Quando sair do forno passe no açúcar misturado com canela.

Para fazer o recheio:
é só derreter o açúcar até que vire um caramelo. Jogue as bananas e o cravo e deixe no fogo mexendo até que derreta todo o caramelo e fique uma massa homogénea.

Bolo de chila e amêndoa


Bolo de chila e amêndoa

Um bolo diferente, e muito apreciado nas regiões do Alto Douro, adorei a combinação da amendoa com o doce de chila, ficou muito bom.

250 g de amêndoa pelada e moída
250 g de doce de chila
100 g de açúcar
6 ovos
1 colher de farinha

Mistura-se as gemas com o açúcar.
Juntam-se o doce de chila e a amêndoa, mistura-se bem, junta-se a farinha e envolve-se as claras batidas em castelo.
Vai ao forno em forma bem untada e forrada com papel vegetal.

sexta-feira, outubro 13, 2006

Rolo de Carne com Espinafres


Rolo de carne com espinafres

Mais uma ideia super fácil, e pratica para as nossas crianças comerem os espinafres sem fazerem pirrice.

500g de carne de vaca picada
1 maço de espinafres
4 fatias de fiambre
6 fatias de queijo flamengo
sal e pimenta a gosto

Tempere a carne com sal e pimenta a gosto.

Coza os espinafres em agua temperada com sal, depois de cozidos passe por agua fria, escorra, esprema. Reserve.

Coloque uma folha de papel vegetal sobre uma superfície lisa, por cima coloque a carne e outra folha de papel vegetal e abra com um rolo até ficar um rectângulo com uma espessura de mais ou menos 1 cm.

Retire a folha de papel vegetal, cubra com os espinafres, por cima coloque o fiambre e por cima deste o queijo, enrole com ajuda do papel vegetal que ficou por baixo, vá apertando, para ficar um rolinho bem preso.

Leve a assar em tabuleiro untado com óleo, coloque uma cebola cortada as rodelas por cima da carne e um pouco de polpa de tomate, regue com um pouco de azeite e deixe assar .

Sirva o rolo cortado em fatias, acompanhado por batatinhas assadas e salada.

Pavê surpresa da Marcia


Pavê Surpresa da Marcia

Este pavê é uma delicia, não tinha morangos, substitui por framboesas, adorei o resultado final, uma sobremesa linda, e a combinação dos sabores excelente.

1 pacote de biscoito de amido de milho(usei bolacha maria)
1 lata de leite condensado
1 pacote de natas 200ml
1 lata medida de leite
2 gemas
1 colher (sopa) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de morango picado(usei framboesas)
1 colher (sopa) de licor a gosto (usei um vinho do porto branco bem doce ) opcional
100g de chocolate meio amargo

DECORAÇÃO
morango e chantilly (usei o creme de framboesa e framboesas frescas)

MODO DE FAZER:
Em uma panela, coloque o leite condensado, leite comum (reserve um pouco) e a farinha de trigo dissolvida com o leite reservado.
Leve ao fogo e junte as gemas.
Cozinhe até engrossar e obter um creme (aproximadamente 5 minutos).
Retire do fogo e acrescente as natas.
Mexa. A seguir, divida o creme em duas partes iguais.
Em uma delas, junte o chocolate meio amargo ralado. Mexa até derretê-lo. Adicione o licor de sua preferência. Reserve.
Na outra parte, coloque os morangos picados. Mexa e reserve.

MONTAGEM:Em um refratário, intercale em camadas, as bolachas esfareladas, licor (opcional), creme de chocolate, bolachas esfareladas, licor (opcional) e o creme de morango. Decore com chantilly e morangos.

Minha opção:Coloquei uma camada fina de bolachas picadas, salpiquei com vinho do Porto, por cima coloquei uma camada de creme de chocolate fina, uma camada de bolachas, salpicos de vinho do porto, uma camada de creme de framboesa, reservei um pouco para a decoração, uma camada de bolacha, salpicos de vinho do porto, creme de chocolate, fina camada de bolachas e restante creme de framboesas em forma decorativa, e framboesas frescas para decorar.

terça-feira, outubro 10, 2006

Trança Rústica



Trança Rústica

Esta receita retirei do site da Vaqueiro, ficou um pão levemente adocicado, bem fofo, é óptimo para acompanhar um chá.

700 g de farinha
100 g de açúcar mascavado
1 pacote de levedura seca (11 g)
sal
30 g de margarina
2 ovos
2 dl de leite
sementes de girassol
açúcar

Preparação :

Numa tigela misture a farinha com o açúcar mascavado, a levedura seca e uma pitada de sal.

Abra uma cavidade ao centro e deite aí a margarina, 1 ovo e 1 clara e o leite amornado.

Misture tudo muito bem com uma colher de pau até a massa se começar a soltar das paredes da tigela.

Nessa altura comece a amassar com as mão sovando bem a massa durante cerca de 10 minutos.

Molde em bola, polvilhe com farinha e tape com um pano. Deixe levedar em local quente durante pelo menos 1 hora.

Divida a massa em 3 porções e molde cada uma num rolo com cerca de 35 de comprimento.

Una os 3 rolos numa das extremidades e entrelace-os fazendo uma trança, unindo depois as pontas da outra extremidade.

Coloque a trança sobre um tabuleiro de forno polvilhado com farinha e deixe levedar, tapado com um pano, durante mais 1 hora.

Pincele com a restante gema previamente desfeita com uns pingos de água e polvilhe com sementes de girassol e açúcar.

Coza em forno moderado durante cerca de 45 minutos.


domingo, outubro 01, 2006

Muffins de Maça e canela


Muffins de maça e canela

Estes muffins foram inspirados na receita de muffins de ananás da Cozinha da Zana, como tinha algumas maças que precisava gastar urgentemente lembrei-me que poderia dar certo. Ficaram bem fofinhos, as crianças devoraram todos num instante.
120 g de açucar amarelo
200g de maças picadas
225 g de farinha de trigo
1 colher sopa de fermento em pó
1 ovo
220 ml de leite
60 g de manteiga derretida
1 pitada de sal
1 colher café de canela em pó

Num recipiente colocar o ovo, a manteiga derretida e o leite, bater levemente, para envolver os ingredientes.
Noutro recepiente juntar a farinha, o açucar, o fermento e a pitada de sal e a canela e a maça bem picadinha, juntar a mistura do outro recipiente e misturar bem com um garfo.
Colocar esta massa em formas pequenas previamente untadas e polvilhadas, e levar a assar em forno pré-aquecido a 190º por cerca de 20 a 25 minutos.

sábado, setembro 30, 2006

Hamburguers grelhadas


Hamburguers grelhadas


Uma forma mais saudavel de agradar a criançada.

500 g de carne de vaca

picada1 cebola
1 dente de alho
80 g de queijo ralado
salsa picada
sal e pimenta

Tempere a carne com sal e pimenta a gosto. Junte a cebola e o alho e a salsa finamente picados. Misture o queijo, envolva bem e molde as hamburgueres.
Grelhe no grelhador de ambos os lados.

Sirva acompanhado por arroz, salada de cenoura, tomate e alface e beringelas grelhadas.

Robalinhos de escabeche


Robalinhos de escabeche

Mais uma sugestão para o dia-a-dia,bem simples e gostoso.

8 robalinhos
1 cebola grande
2 dentes de alho
azeite
0,5 dl vinagre

Amanhe os robalinhos e tempere-os com sal e pimenta.
Frite-os em azeite de ambos os lados. Retire e reserve.
No mesmo azeite frite as cebolas as rodelas e o alho fatiado, quando a cebola estiver loura junte o vinagre.
Deixe apurar. Deite este molho sobre os robalinhos. Cubra com um testo e deixe ressoar.

Sirva no dia seguinte, acompanhado com arroz de ervilhas, beringela grelhada e salada.

Carne c/ molho de cogumelos


Carne com molho de cogumelos

Mais uma ideia para a aproveitar sobras de carne (assada , cozida ou grelhada).

Sobras de carne (eu usei sobras do lombo de porco)
1lata cogumelos laminados
1 dl de natas
2 colheres sopa polpa de tomate
1 cebola
1 dente de alho
sal, alecrim, salsa picada
azeite

Refogue as cebolas as rodelas e o alho picado, junte os cogumelos, a carne cortada em pedaços finos e tempere com sal, alecrim, junte as natas, mexa, e junte tambem as polpa de tomate, misture bem e deixe apurar mexendo.
Por fim salpique com a salsa picada.

Acompanhe com arroz e salada de tomate.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...