Receitas culinárias simples, de rápida preparação, testadas por mim.

segunda-feira, março 24, 2008

Pão-de-ló de Ovar



Mais uma receita que me foi oferecida em quantidades industriais, e que tive de reduzir para um tamanho familiar.


Este pão-de-ló fica bem humido, tive dificuldade no tempo de forno, na receita original, apontamento de pasteleiro não mencionava nem tempo nem temperatura, o primeiro que fiz á uns tempos atrás ficou crú com muito molho esteve cerca de 30 minutos no forno, estava douradinho, e como é normal ficar um pouquinho de molho, pensei que estaria no ponto, mas não.

Segunda tentativa - 6ª feira santa, levantei-me com vontade de fazer pão-de-ló, deixei no forno 1 hora, estava delicioso, humido, mas sem molho, foi devorado á sobremesa, nem deu para tirar foto.

Terceira tentativa - Sabado, tinha que ter pão-de-ló para o domingo de pascoa e desta vez tinha que ser o que eu imaginará, 45 minutos no forno a 180º, um pão-de-ló humido com um pouquinho de molho, como eu queria.


A receita:


5 ovos inteiros

3 gemas

220 g de açucar

120 g de farinha com fermento


Primeiramente forrar uma forma redonda com papel (usei cavalinho).


Bater na batedeira os ovos, gemas e açucar durante 10 minutos. Reduzir a velocidade e acrescentar a farinha, bater mais um pouco em velocidade baixa.


Deitar a massa na forma forrada e levar ao forno a 180º por cerca de 45 minutos.

9 comentários:

  1. Ai que delícia!!!!
    Estou aqui a babar o teclado todo!
    Vou roubar uma fatia que ninguém nota!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha!
    Esse pão de ló está mesmo com ar de delicia.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. até me apetece gritar.. olhar para uma delícia dessas e não poder provar é um crime.

    ResponderEliminar
  4. Que maravilha adorei um beijo. Natércia...

    ResponderEliminar
  5. Experimenta bater não 10 min. mas sim 30 - 35 min....
    È só uma sugestão

    ResponderEliminar
  6. Tenho feito este pão de ló várias vezes e o único defeito que lhe apontam é que sabe a pouco. Efectivamente, para 4 gulosos, deixa-nos a rapar os restinhos do papel! Gostaria apenas de saber se a tal receita industrial na qual se baseou é exactamente proporcional a esta, por exemplo, se é apenas questão de dobrar os ingredientes ou algo do género. Obrigada, e continuação de boas receitas.

    ResponderEliminar
  7. Ana pode dobrar a receita. Quando quero um pão de ló maior é o que eu faço.
    Tenha apenas atenção ao tempo de forno, pode levar mais uns minutinhos.

    Beijinhos e volte sempre.

    ResponderEliminar
  8. Álvaro Castro11:28 da manhã

    Ola Conceição, o papel cavalinho a que se refere é o mesmo que os miúdos usam para a escola? Descupe a minha ignorância, abraço.

    ResponderEliminar
  9. Álvaro, esse mesmo, duas ou tres folhas de forma a envolver a forma, normalmente é o que tenho em casa por ter crianças que o usam.
    Também pode usar papel manteiga, mas é mais dificil arranjar.

    Abraços, espero ter ajudado.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...