sexta-feira, Setembro 19, 2014

Picanha grelhada


A minha picanha grelhada não tem nada que saber, peço no talho para cortar em bifes de expessura média, só tempero com sal grosso na altura de grelhar. O grelhador tem que estar bem quente,  grelhar 2 ou 3 minutos, virar grelhar do outro lado mais 2 minutos. Se gostar bem passado são mais uns minutinhos. O tempo tem a ver com a expessura da carne e com o gosto pessoal, neste caso gostamos de médio a mal passados. Quanto mais passados menos suculentos ficam.

quarta-feira, Setembro 17, 2014

Linguiça toscana grelhada



As linguiças toscanas grelhadas, neste caso no grelhador, poderão ser uma entrada ou um acompanhamento da  feijoada brasileira. Para a preparar  não é preciso receita, apenas deixo algumas dicas para ficarem no ponto.

Primeiramente dar alguns golpes na diagonal nas linguiças, assim assam melhor, e largam uma parte da gordura, ficando mais saborosas. Colocar no grelhador bem quente, virando de vez em quando para assar por igual em todos os lados.

Quando bem assadas, colocar sobre papel absorvente, para ficarem bem sequinhas.



segunda-feira, Setembro 15, 2014

Farofa com cenoura e bacon


Minha farofa para acompanhar a feijoada.

bacon cortado em cubinhos bem pequenos
cebola bem picadinha
cenoura ralada
salsa picada
um fio de azeite
1 xicara de farinha mandioca
sal

Numa frigideira colocar um fio de azeite, o bacon e a cebola e a cenoura, deixe  alourar ligeiramente, mexendo de vez em quando para não pegar, junte a mandioca, misture bem para absorver todos aos sabores, tempere com um pouquinho de sal e a salsa, deixe cozinhar mais uns 2 a 3 minutos, mexendo para que não queime.

sábado, Setembro 13, 2014

Pão de queijo


A receita destes pães de queijo já se encontram aqui no blog, desta vez fiz com queijo da ilha que os tornou ainda mais saborosos, e em vez de polvilho azedo experimentei o polvilho doce.

500 g de polvilho doce
2 chavenas de leite
1 chavena de óleo
uma pitada de sal
4 ovos
2 chavenas de queijo ralado (desta vez usei o queijo da ilha que é mais forte)

Ferver o leite juntamente com o óleo e a pitada de sal. Escaldar o polvilho com o leite fervente. Deixar arrefecer, juntar os ovos e o queijo e amassar bem até ficar uma massa lisa.
Fazer bolinhas e levar a assar.

quinta-feira, Setembro 11, 2014

Couve salteada com bacon


Mais um acompanhamento da minha feijoada brasileira, também muito simples e saborosa, e que poderá acompanhar os mais variados pratos.

A maior dificuldade será preparar a couve e corta-la em juliana bem fininha como se fosse para caldo verde, embora eu não me preocupe muito com a grossura da couve. Deve ser escaldada em água fervente, e escorrida.

Depois é refogar uma cebola picadinha, 1 dente de alho num fio de azeite juntamente com bacon cortado em cubinhos, quando a cebola estiver transparente juntar a couve, misturar bem nos ingredientes e deixar saltear até achar que está tenra, verifique os temperos, se achar necessário junte um pouco de sal, mas lembre-se que o bacon já é salgado.

terça-feira, Setembro 09, 2014

Banana frita


Banana frita para acompanhar uma feijoada á brasileira, uma delicia e tão simples de preparar. Fica a sugestão.

Bananas não muito maduras, descascadas e cortadas ao meio ou em terços, dependendo do tamanho, ovo batido, e pão ralado para panar, são os ingredientes necessários. A preparação não podia ser mais simples passar a banana pelo ovo, depois no pão ralado. Fritar em óleo bem quente, até ficar douradas de ambos os lados.

sábado, Setembro 06, 2014

Molho de tomate


Há muito que ando para colocar aqui as receitas de molho de tomate que tenho experimentado, mas vou me esquecendo, e agora com a fartura de tomates, voltei a fazer, mas desta vez fiz diferente das outras vezes muito mais simples, com poucos ingredientes, e fica já aqui registada para voltar a repetir.

1 kg de tomates usei coração de boi
1 cebola
2 dentes de alho
1 raminho de salsa
azeite
1 colher de ketchup
1 colher de chá de açúcar
sal

Refogar a cebola picada e os alhos no azeite até ficarem transparentes, juntar os tomates cortados em pedaços com pele e sementes, deixar refogar bem até o tomate estar bem cozido, mexendo de vez em quando, como se fosse uma compota, temperar com o sal e o ketchup, verifique a acidez, se precisar junte uma colher de chá de açúcar, juntar também a salsa, deixe ferver mais um pouco. Retire do lume e passe o molho por um passe-vite com os furinhos pequenos e extraia toda a polpa que fica por baixo do passe-vite com uma colher. No fim no passe-vite só vão ficar as peles e a sementes. O molho deve-se levar novamente ao lume a ferver mais uns minutos até ficar com a consistencia desejada. Colocar em frascos esterilizados ainda quente, tapar e virar os frascos ao contrário até arrefecer.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...