Receitas culinárias simples, de rápida preparação, testadas por mim.

segunda-feira, novembro 29, 2010

Caldeirada de bacalhau

Caldeirada de bacalhau por Baú da Conceição
Eu gosto muito de caldeiradas, acho um prato muito saudável, mas tenho alguém em casa que torce o nariz, e só por isso é que não o faço muitas vezes.

Batatas descascadas e cortadas em rodelas
Cebolas cortadas em rodelas grossas
Alho picado
Tomates  pelados e picados
Cortar um pimento em tiras.
Cortar o bacalhau em pedaços pequenos (uso pedaços finos, como badanas e rabos mas isso é ao gosto de cada um)
Sal, azeite, folha de louro, salsa picada

Num tacho de fundo grosso colocar um bom fio de azeite, uma camada de rodelas de cebola, uma camada de tomates, alho picado e pimentos, uma camada de rodelas de batatas, uma camada de bacalhau, folha de louro,rodelas de cebola, tomate, alho e pimentos, salsa, um pouquinho de sal (atenção ao sal do bacalhau)  e assim sucessivamente até acabarem os ingredientes, por fim rega-se com mais azeite, um copo de vinho branco e um pouco de água, tapa-se o tacho  e leva-se a cozer em lume brando, abanar o tacho de vez em quando, para envolver, e não pegar no fundo, quando a batata estiver bem cozida apagar e servir.


terça-feira, novembro 23, 2010

Bolo Nuvem da Nigella


Bolo de Chocolate e Natas do livro Nigella Bites

A minha filha há muito que queria fazer este bolo. Fomos adiando, adiando, até que num domingo em que não tínhamos sobremesa para o almoço, decidimos fazer. Logo que amornou colocamos as natas e foi devorado.Muito bom, para repetir muitas vezes.

250 g de chocolate preto
125 g de manteiga sem sal, amolecida
6 ovos (2 inteiros e 4 gemas e claras separadas)
175 g de açúcar
2 colheres sopa de Cointreau (usei licor de laranja caseiro9
raspa de 1 laranja

Para a cobertura:
500 ml de natas (usei 400 ml - 2 pacotes)
1 colher chá essência de baunilha
1 colher chá de licor Cointreau (usei o licor de laranja)
1/2 colher chá de cacau em pó

Pré-aqueça o forno a 180º.
Forre o fundo da forma de bolos com papel vegetal.
Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas  e depois deixe a manteiga derreter no chocolate quente.
Bata dois ovos inteiros mais as quatro gemas com 75 g de açúcar, juntando depois o chocolate, o licor e a raspa de laranja.
Noutra taça bata as claras até formar espuma e depois vá juntando o restante açúcar até as claras ficarem em castelo. Adicione um pouco de claras ao chocolate para este ficar mais claro e depois envolva o resto.
Ponha a massa na forma e leve ao forno durante cerca de 35 a 40 minutos ou até o bolo ter levedado e rachado e o centro já não estiver leitoso.
Deixe o bolo arrefecer na forma sobre um tabuleiro de rede para o centro ir baixando á medida que arrefece.
Desenforme para um prato de bolos. Não se preocupe com rachas ou falhas, o que interessa é criar um aspecto parecido com uma cratera.
Bata as Natas até ficarem macias, junte a baunilha e o licor, (embora não pedisse na receita original eu juntei 4 colheres de açúcar) continuando a bater até as natas estarem firmes.
Preencha a cratera do bolo com as natas e espalhe o cacau por cima.

sexta-feira, novembro 19, 2010

Esparguete com Almondegas da Nigella



A receita foi Inspirada no livro Nigella Bites, Massa com Almôndegas, gostava de fazer as almôndegas bem pequeninas tal qual ela apresentou, mas não sou capaz, saem-me sempre grandonas. O molho foi feito com tomates frescos e não com a polpa como pede a receita, pelo que não ficou tão vermelhinho como a da foto do livro, mas ficou muito gostoso.
No final polvilhei com queijo, porque a filhota adora.
Almôndegas:
250 g carne porco picada
250 g de carne vaca picada
1 ovo
2 colheres sopa de parmesão ralado
1 dente de alho
1 colher chá de oregãos secos
3 colheres sopa de semola ou pão ralado (usei o pão ralado)
pimenta moída na altura
1 colher chá de sal
Misture tudo numa taça grande e amasse bem com as mãos antes de começar a fazer as bolinhas. Coloque as almôndegas em tabuleiros forrados com película aderente e vá colocando no frigorífico á medida que faz.
Para o molho:
1 cebola
2 dentes de alho
100 ml de leite
1 colher de chá de oregãos secos
1 colher sopa de manteiga sem sal
1 colher sopa de azeite
700 g de polpa de tomate
uma pitada de açúcar, sal e pimenta.
Ponha a cebola, o alho e os oregãos no robot de cozinha e triture até obter uma papa. (Não fiz nada disto, piquei a cebola e os alhos manualmente)
Aqueça a manteiga e o azeite numa frigideira funda e larga, coloque a cebola e alhos triturados, deixando aquecer em lume brando ou médio durante 10 minutos. Não deixe queimar, mas não retire enquanto não ficar macio (deixei até a cebola ficar transparente e levemente dourada).
Junte a polpa de tomate  e depois encha até metade a embalagem com água  e adicione á frigideira.
( Eu adicionei tomates frescos, sem peles e cortados em cubos deixei-os cozinhar até desfazerem, juntei a água aos poucos, até achar que estava uma consistencia de molho, mas ficou sempre bocadinhos de tomate). Tempere com sal, pimenta e um pouco de açúcar e deixe cozinhar por 10 minutos. Nesta fase o molho vai parecer-lhe muito liquido, mas não se preocupe que mais tarde vai engrossar. Misture o leite e em seguida comece a adicionar as almôndegas uma a uma. Não mexa na frigideira até que as almôndegas mudem de cor de rosa para castanho para evitar que elas se partam.
Deixe cozinhar por vinte minutos, tapando parcialmente com a tampa. No fim do tempo de cozedura verifique o tempero, pode precisar de mais sal ou pimenta.
Acompanhei com massa esparguete.

quarta-feira, novembro 17, 2010

Arroz de cozido



Quando faço cozido, eu sei que vai sobrar, pelo menos as carnes e enchidos eu não me importo de colocar a mais com esse intuito, sobrar. Depois congelo em porções que me vão ser uma mais valia no dia-a-dia corrido.
Aqui foi um arroz malandro com legumes com carnes variadas e enchidos, e posso dizer que estava mesmo á minha moda.

Num tachinho coloquei um fio de azeite uma cebola e um alho bem picadinhos, deixei estalar, juntei um pouco de vinho branco, uma folha de louro, cenoura cortada em rodelas, adicionei um pouco de água fervente, umas folhas de penca que já tinha lavado e cortado em pedaços, a carne, as ervilhas e o arroz, mexi bem, provei e temperei  e adicionei a água restante aos poucos, mexendo com o garfo de vez em quando (a quantidade de água é o triplo do arroz) de modo a ficar um arroz solto e cremoso, provar novamente e rectificar os temperos se necessário.

Nota: Não esquecer de provar, como as carnes e os enchidos já estavam temperados, muitas vezes não é preciso acrescentar mais sal. Por isso considero provar muito importante.

terça-feira, novembro 09, 2010

Batatas assadas

Raramente como batatas fritas, desde que fiz estas batatas assadas pela primeira vez tenho repetido com outros sabores,  as batatas ficam sequinhas e estaladiças e depois é so variar os temperos .

Eu costumo usar batatas pequenas, quando não as tenho uso batatas cortadas em quartos, que depois de lavadas para tirar a goma, são temperadas com sal, ervas a gosto (neste caso coentros e alhos desidratados) e um fio de azeite, envolve-se bem as batatas e colocam-se num tabuleiro, não convem que fiquem sobrepostas, coloco no forno em temperatura a 220º e deixo assar até ficaram douradas por cima, depois com ajuda de uma colher viro-as para tostarem por igual.

domingo, novembro 07, 2010

Bolo chocolate


Receita da Debora do blog Delicias Mil e Hum..., este bolo de chocolate é muito simples de fazer e o recheio muito guloso, torna este bolo irresistível, está foi a ultima fatia,  não consegui tirar uma foto com com o bolo inteiro, dá para ver como ficou tentador.


Coloque pela ordem batendo bem,  antes de cada adição do ingrediente seguinte.


3 ovos

1 xícara de açúcar

1 xícara de achocolatado

2 xícaras de farinha de trigo espiga

1 xícara de água a ferver

½ xícara de óleo

Por fim, junte 1 colher de sobremesa de  fermento em pó (tipo Royal).

Colocar em forma untada  e enfarinhada Untei com o óleo spray espiga, levar a assar em forno médio a 180º.



Recheio e cobertura:

1 xícara de açúcar

2 xícaras de leite

1 xícara de achocolatado

2 colheres (sopa) de margarina

2 colheres (sopa) de amido de milho espiga


Misturar todos os ingredientes e levar ao lume mexendo sempre até engrossar.

Cortar o bolo ao meio, rechear e cobrir o bolo ainda morno com essa mistura quente.

Salpique com chocolate granulado.



sexta-feira, novembro 05, 2010

Pudim de ananas


Uma sobremesa pouco calórica e pouco doce, fresquinha que fez as delicias de quem provou. Não ficou doce por isso quem quiser mais docinho aconselho a  pelo menos dobrar o  açúcar.

1 lata de ananás,  reserve a calda e complete com água até perfazer 1 litro
1 pacote de gelatina em pó sem sabor (70g)
2 pacotes de natas magras
100g de açúcar

Triturar o ananás de forma a ficar um puré. Reserve a calda e junte água e perfaça 1 l de liquido. Aqueça a calda e dissolva a gelatina nela, mexendo bem até ficar completamente dissolvida.
Bata as natas com o açúcar, quando estiverem expessas envolva o puré de ananas e depois o liquido da gelatina.  Fica um preparado liquido.
Unte uma forma com óleo, usei o óleo spray espiga, e verta o preparado anterior. Leve ao frigorífico até solidificar. Eu costumo preparar de véspera para servir no dia a seguinte. Desenformei  e decorei  com fatias de ananas e um fio de mel.

quarta-feira, novembro 03, 2010

Sopa de nabiças e massas


Há muito que não comia sopa com massas, mas apeteceu-me  e assim fiz, aproveitei as nabiças que chegaram com fartura, os feijões de debulhar que ainda andam pelo congelador, e saiu uma sopa fumegante para aquecer numa noite fria.

Levei uma panela com água ao lume juntei 2 batatas, 2 cenouras, 1 cebola, 1 dente de alho, deixei cozer, depois reduzi a puré.
Juntei ao puré a massa temperei com sal e deixei cozer até a massa ficar tenra, nessa altura juntei as nabiças,os feijões que já estavam cozidos, um fio de azeite e deixei que acabasse de cozer.

segunda-feira, novembro 01, 2010

bolo marmore com pepitas


A filhota combinou com uns amiguinhos irem estudar lá em casa, então as pressas fiz um bolinho simples que ficou muito fofo, como sobrou alguma massa ainda aproveitei para fazer uns queques.



8 ovos pequenos

10 colheres sopa de açúcar

8 colheres sopa de farinha

1 limão pequeno

2 colheres sopa de achocolatado

1 chocolate pequeno partido em pedacinhos pequenos (ou pepitas de chocolate)




Untei uma forma quadrada com o óleo em spray espiga, forrei com papel vegetal e volte a untar.

Bati as claras em castelo com uma pitada de sal.

1ª massa:

Bati 4 ovos com o açúcar, juntei sumo de um limão pequeno, misturei bem, adicionei 4 colheres de farinha, envolvi bem, envolvi metade das claras em castelo.

2ª massa:

Bati os restantes 4 ovos com o açúcar, dissolvi 2 colheres de achocolatado em água quente e envolvi na gemada, juntei a restante farinha, misturei bem e por fim envolvi as restantes claras, como achei que a massa estava muito clara, peguei num chocolate e parti-o em pedacinhos pequenos e envolvi ma massa.

Na forma fui colocando colheradas das duas massas, para ficar com um aspecto mármore.

Levei ao forno a 180º assou em cerca de 20 minutos, convém fazer o teste do palito, se sair seco está cozido.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...