Receitas culinárias simples, de rápida preparação, testadas por mim.

quinta-feira, julho 30, 2009

Pão de alfarroba passas e nozes



Um dia destes ao passar nas prateleiras dos produtos diateticos do hiper, vi os pacotinhos de farinha de alfarroba, não resisti, trouxe para experimentar, depois fui visitar os blogs amigos á procura de receitas para a usar, achei algumas que vou experimentar brevemente e não resisti a esta do Blog Delicias e Companhia, que fiz no mesmo dia, ficou uma delicia, um pão diferente que todos gostaram, o crocante das nozes e o doce das passas deram-lhe um sabor especial.

1 1/2 copo de água tépida
3 colheres sopa de açúcar
1 colher chá de sal
1 colher sopa de azeite
3 1/2 copos de farinha
1/2 copo de farinha de alfarroba
2 colheres chá de fermento biológico seco
1/2 copo de miolo de nozes
1/2 copo de passas escuras e douradas

(1 copo = 235 ml = copo medidor que vem com a máquina)

Coloque na cuba da máquina os ingredientes pela ordem indicada
(Excepto as nozes e as passas).

Escolha o programa pão normal, cor médio e tamanho grande. Quando ouvir o primeiro sinal sonoro, adicione então as nozes e as passas

terça-feira, julho 28, 2009

sopa de nabiças com grão


Todas as semanas faço sopa, normalmente faço uma panela grandinha e depois separo por várias refeições, sim pois todos os dias há sopa nesta casa, e por vezes a sopa substitui uma refeição, foi o caso desta. Normalmente prefiro as sopas só de legumes, mas quando tenho que adiantar e deixar uma carninha de vaca cozida para o dia seguinte, aproveito o caldinho desta para fazer uma sopa mais enrequecida.



Assim surgiu esta, tinha cozido um pedaço de carne, que depois parti em pedacinhos, para outra refeição, aproveitei o caldo e juntei 2 batatas, 1 cenoura frande, um pedaço de abobora, 1 cebola 1 dente de alho, temperei com sal e deixei os legumes cozerem, passei pela varinha, juntei um molhinho de nabiças previamente lavadas e cortadas em pedacinhos, grão de bico previamente cozido e uns pedacinhos de carne desfiada, deixei cozer mais um pouco, reguei com um fio de azeite e retirei do lume.







segunda-feira, julho 13, 2009

Charlote de pessegos

Esta sobremesa é pratica e muito boa, como sempre com as minhas correrias, tive que levar ao congelador para solificar mais depressa, o que congelou levemente os pessegos que estavam no fundo, e não tiveram tempo de descongelar totalmente, mas mesmo asim não sobrou nadinha.



2 latas de pessegos em calda

250 g de palitos champanhe

1 lata de leite condensado

3 pacotes de natas

6 folhas de gelatina


Corte as pontas aos palitos champanhe de forma a ficarem do mesmo tamanho e forre as laterais e o fundo de uma forma amovivel.

Escorra os pessegos de uma lata e coloque-os por cima dos palitos.

Demolhe as folhas de gelatina em água fria.

Numa tigela bata as natas em chantily. Noutra tigela disponha o leite condensado, derreta a gelatina no micro-ondas, 30 segundos e misture ao leite condensado, mexendo sempre, envolva esta mistura no chantily e verta por cima dos pessegos. Leve ao frigorifico até solidificar. (eu levei ao congelador para ser mais rapido por cerca de duas horas).

Com metade dos pessegos da outra lata e alguma calda fiz um puré com a varinha e coloquei por cima da charlote já solidificada, e os pessegos restantes cortei em fatias e decorei.

Servir bem fresco.

Sumo de melão e hortelã pimenta






Este sumo foi para aproveitar um melão que não saiu muito doce, as folhas de hortelã pimenta deram-lhe um sabor especial. Não tem nada que saber apenas bater no liquidificador o melão cortado em pedaços com 6 folhinhas de hortelã pimenta.

sexta-feira, julho 10, 2009

sopa de beterraba




Esta sopinha foi uma experiencia, que me agradou bastante.




Tinha cozido um pouquinho de carne para outra refeição e aproveitei o caldo da cozedura para esta sopinha, juntei 1 batata, 1 courgete grandinha com casca, 1 cenoura, 1 cebola, 1 dente de alho, 1 beterraba grande, deixei cozer, passei a varinha e retifiquei os temperos, juntei um fiozinho de azeite e apaguei.

terça-feira, julho 07, 2009

S. Pedro Afurada 2009

A festa de S. Pedro de Afurada é das mais lindas aqui da Zona de Gaia, não só pelos inumeros e magestosos andores todos enfeitados de flores naturais, como pelas ruas decoradas, e varandas decoradas com colchas alusivas, cada uma mais linda que a outra.

As ruas enfeitadas, ás portas abertas com seus habitantes sentados á espera da procissão

As varandas vestidas de festa

A Guarda a cavalo dá inicio á procissão



De apreciar a quantidade de jovens que participam na procissão



É uma procissão muito dura, pois percorre todas as ruas da freguesia, algumas muito íngremes e estreitas, demora cerca de 3 horas a fazer todo o percurso. Têem que parar várias vezes, pois os andores são muito pesados.








O povo da Afurada é muito devoto, durante o ano juntam as quantias necessárias para fazer uma grande festa em honra do seu padroeiro. Festa esta que começa no S. João e prolonga-se até ao dia seguinte ao da procissão.













































Este é dos andores mais difíceis de transportar, pela sua altura.



Aqui só coloquei uma pequena amostra dos andores que passaram.


Uma pequena curiosidade, quando os andores passam nas casas dos familiares que os levam, vira-se o andor para a casa e eleva-se para a abençoar todos os que nela habitam.



Pequenas Varinas vestidas a rigor, levam a rede onde se colocam as dávidas para ajuda da festa


O padroeiro é transportado por pescadores vestidos a rigor.














A procissão termina com a todos os andores virados para o rio, a bênção dos barcos e uma salva de morteiros e sirenes a tocar.

sexta-feira, julho 03, 2009

Kibe Assado da Bell Ricci



Encontrei trigo de Kibe por aqui á venda, e decidi experimentar o Kibe que tantas meninas Brasileiras falavam, procurando nas minhas receitas para fazer lá estava esta da Bell Ricci, do fórum do cybercook, já com uns anos, ficou logo decidido, era esta, todas as receitas que experimentei da Bell ficaram óptimas e esta foi mais uma que gostamos muito.




500 g de carne picada (vaca)


250 g de trigo para kibe


1 cebola ralada


1 maço de hortelã picada finamente (como tinha pouca hortelã, juntei umas folhas de mangericão de salva e salsa)


5 dentes de alho picados


sal


pimenta síria (usei um piri-pri, bem picadinho)


3 colheres de margarina




Recheio:


4 cebolas cortadas em rodelas e fritas em azeite até dourarem.




Lavar o trigo para kibe e deixa-lo de molho por 2 horas. Depois disso coloque o trigo numa vasilha maior espremendo-o não muito (deixe-o bem húmido. Junte a carne picada, a cebola, o alho, a hortelã, sal e pimenta. Amasse bem essa mistura, para os temperos se misturarem bem, experimente o sal e pimenta, pois são dos temperos mais importantes. Junte a margarina e amasse mais um pouco.


Coloque metade dessa mistura numa forma que vá ao forno, espalhe o recheio de cebolada, cubra com o restante kibe. Por cima coloque uns pedacinhos de margarina bem distribuídos. Cubra com papel de alumínio e leve ao forno a assar em forno médio por uma hora.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...