Receitas culinárias simples, de rápida preparação, testadas por mim.

sábado, setembro 30, 2006

Hamburguers grelhadas


Hamburguers grelhadas


Uma forma mais saudavel de agradar a criançada.

500 g de carne de vaca

picada1 cebola
1 dente de alho
80 g de queijo ralado
salsa picada
sal e pimenta

Tempere a carne com sal e pimenta a gosto. Junte a cebola e o alho e a salsa finamente picados. Misture o queijo, envolva bem e molde as hamburgueres.
Grelhe no grelhador de ambos os lados.

Sirva acompanhado por arroz, salada de cenoura, tomate e alface e beringelas grelhadas.

Robalinhos de escabeche


Robalinhos de escabeche

Mais uma sugestão para o dia-a-dia,bem simples e gostoso.

8 robalinhos
1 cebola grande
2 dentes de alho
azeite
0,5 dl vinagre

Amanhe os robalinhos e tempere-os com sal e pimenta.
Frite-os em azeite de ambos os lados. Retire e reserve.
No mesmo azeite frite as cebolas as rodelas e o alho fatiado, quando a cebola estiver loura junte o vinagre.
Deixe apurar. Deite este molho sobre os robalinhos. Cubra com um testo e deixe ressoar.

Sirva no dia seguinte, acompanhado com arroz de ervilhas, beringela grelhada e salada.

Carne c/ molho de cogumelos


Carne com molho de cogumelos

Mais uma ideia para a aproveitar sobras de carne (assada , cozida ou grelhada).

Sobras de carne (eu usei sobras do lombo de porco)
1lata cogumelos laminados
1 dl de natas
2 colheres sopa polpa de tomate
1 cebola
1 dente de alho
sal, alecrim, salsa picada
azeite

Refogue as cebolas as rodelas e o alho picado, junte os cogumelos, a carne cortada em pedaços finos e tempere com sal, alecrim, junte as natas, mexa, e junte tambem as polpa de tomate, misture bem e deixe apurar mexendo.
Por fim salpique com a salsa picada.

Acompanhe com arroz e salada de tomate.

domingo, setembro 24, 2006

Lombo de porco com castanhas


Lombo de porco com castanhas

Chegou o Outono e já começam a aparecer as primeiras castanhas, eu adoro castanhas para acompanhar carne de porco.

1,5 kg de lombo de porco (cachaço)
1 kg de castanhas
erva-doce
sal, alecrim,
alhos
1 cebola grande
1 dl azeite
2 dl vinho branco
1 ramo de salsa
Nabiças para acompanhar

Na vespera dê uns golpes na carne e tempere com sal, alecrim( fresco de preferencia), alhos picados, cebola as rodelas, vinho branco, a salsa e o azeite e deixe marinar.
No dia coloque a assar.
Entretanto coza as castanhas com um pouco de erva-doce. Reserve e quando a carne estiver quase assada junte-as e deixe alourar.
Arranje as nabiças e coza-as em água temperada com sal, passe-as por agua fria, escorra, e salteie-as em azeite e alhos picados.
Sirva a carne cortada as fatias, acompanhada pelas castanhas e nabiças salteadas.

Pudim de chá de limão

Pudim de Chá de Limão

Este pudim ficou muito cremoso, o sabor acentuado do limão é uma delicia, pode fazer com laranja que também fica óptimo.

1 dl de água
180 g de açucar
1 lata de leite condensado
1 lata-medida de cha de limão
raspa de 1 limão
6 ovos
rodelas de limão para decorar

Prepare o caramelo:

Leve ao lume a agua e o açucar e deixe ferver até atingir ponto de caramelo. Espalhe o caramelo numa forma de pudim e reserve.

Pudim:

No copo do liquidificador junte o leite condensado, o chá de limão, raspa de 1 limão, os ovos e bata bem.
Verta o preparado na forma caramelizada .
Leve ao forno a cozer em banho-maria a 180º por cerca de 40 minutos..
Decore com rodelas de limão.


sábado, setembro 23, 2006

Lasanha de frango e espinafres


Lasanha de frango e espinafres

Uma forma das crianças comerem legumes sem fazerem birras, é adiciona-los aos seus pratos preferidos.

Sobras de frango cozinhado (pode ser cozido, estufado, ou assado)
1 molho de espinafres
4 dentes de alho
150 g de cogumelos
4 colheres sopa de farinha
1 l de leite
noz-moscada, sal e pimenta
1 colher sopa margarina
500 g de folhas de lazanha
150 g de queijo gruyere ralado

Desfie o frango e corte-o em bocados pequenos.
Coza os espinafres em agua temperada com sal, po 2 minutos.
Refogue os alhos picados na margarina, junte os cogumelos, o frango, e os espinafres e polvilhe com farinha.
Acrescente o leite e tempere com sal, pimenta e noz-moscada, e cozinhe por 3 minutos.
Unte um tabuleiro refractário com margarina, por cima coloque camadas alternadas de folhas de lazanha,molho e queijo ralado, terminando com queijo ralado.
Leve ao forno a 200º por cerca de 35 minutos.

Cookies


Cookies
Estes biscoitos são os melhores que fiz até hoje, a receita é de Mme Ane do Cybercook.

1 ovo
100 g de açucar amarelo
200 g de farinha trigo sem fermento
10 colheres sopa de natas
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de sopa de manteiga
1 pitada de sal
125 g de chocolate preto

Pre-aqueça o forno a 200º.
Forre um tabuleiro com papel vegetal.

Quebre a barra de chocolate e deixe em pedacinhos pequenos (eu coloquei na picadora, é muito mais facil) e reserve.
Misture todos os ingredientes acima sovando com a mão e depois acrescente o chocolate picado e continue sovando. com as mãos.
A massa as vezes pode grudar na mão, mas não tem problema.
Faça bolas de massa e depois achate com um garfo, coloque no sobre o papel vegetal.
Leve ao forno a assar, estão prontos quando dourarem um pouco mas ainda um pouco moles.
Ao arrefecer eles endurecem mais.

sexta-feira, setembro 22, 2006

Lulas recheadas


Lulas recheadas
Normalmente costumo estufar a carne picada juntamente com os tentaculos, desta vez fiz diferente, aproveitei também para juntar espinafres, para a minha filha comer mais um pouco de legumes, gostei do resultado final, ficaram bem gostosas e mais saudaveis.

1 kg de lulas
200 g de carne de vaca
espinafres
2 dentes alhos
2 cebola médias
azeite
sal, pimenta, alecrim
2 tomates maduros
1 dl de vinho branco
1 folha de louro

Depois de limpas e bem lavadas escalde as lulas e os tentaculos com água a ferver.
Coza a carne na panela de pressão.
Coza os espinafres.
Corte a carne aos pedaços e passe na picadora, juntamente com os tentaculos das lulas, 1 cebola, 1 dente de alho.
Pique os espinafres e junte ao picado, tempere de sal, pimenta e alecrim.
Recheie as lulas com este picado.
Faça um refogado com o azeite a cebola e o alho picado, quando a cebola estiver levemente loura junte o tomate picado livre de peles, 1 dl de vinho branco, 1 folha de louro tempere com sal e deixe apurar. Triture com a varinha magica junte as lulas e deixe estufar, se sobrar picado junte ao molho, se precisar vá juntando uns golinhos de água.
Sirva acompanhado com puré de batatas.

Biscoitos de Coco da Paula

Biscoitos de Coco da Paula

Mais uma brincadeira com a filhota, estes biscoitos desmancham na boca, na minha opinião precisam de mais açucar, pelo menos mais 2 colheres de sopa, o leite de coco, não tinha em casa usei leite normal.

300 g de farinha
1 colher de sopa rasa de fermento em pó
2 colheres sopa de açucar(bem cheias)
50 g de coco ralado
200 g de manteiga
2 colheres sopa de leite de coco
1 gema para pincelar
50 g de coco p/ salpicar sobre os biscoitos

Junte o açucar, a farinha, o fermento, a manteiga, 50 g de coco e o leite de coco, misture até que a massa ligue bem.
Quando ficar bem lisa, faça os biscoitinhos.
Faca bolinhas e achate levemente com um garfo.
Pincele com gema e salpique o resto do coco por cima.
Asse em forno pré-aquecido.

domingo, setembro 10, 2006

Pão Espanhol do Clemente



Pão Espanhol do Clemente
Este pão é uma delicia, a massa é levemente adoçicada, fica optimo com um recheio salgado, eu preferi faze-lo simples, faz-me lembar os nossos bicos de pato, acampanhei-os com queijo e fiambre e voaram todos num instante.
50 g de fermento para pão
1 xicara de água morna
4 ovos
100g de açucar
1 pitada de sal
500g de farinha de trigo sem fermento peneirada
Dissolva o fermento em um pouco de açucar, junte a água morna e uma xicara de farinha de trigo.
Deixe descançar um pouco até levedar.
Junte os ovos levemente batidos e a restante farinha.
Amasse, e coloque a massa sobre a mesa, arranhe bem a massa e volte a juntar, vá sovando até obter uma massa bem elastica, porem ainda grudenta.
Deixe descançar por 1 hora, sove novamente.
Molde os pães, se quizer recheie, coloque sobre tabuleiro levemente untado, pincele com ovo batido e deixe crescer mais um pouco. Leve a assar em forno a 180º até dourar.
Sugestão de recheios:
  • Calabresa defumada batida no liquidificador sem pele e misturada com queijo parmesão
  • 100 g de ricota, misturada com 10g de azeitonas sem caroço picadas e 10 g de queijo ralado
  • presunto e queijo prato bem picados
  • presunto e mussarela
  • escarola refogada bem temperada com provolone ralado
  • 2 a 3 queijos a gosto
  • pode abrir a massa como recambole passar manteiga e coco ralado, enrolar bem e cortar em fatias.
Nota: Va colocando a farinha aos poucos e amassando até se soltar da mesa mas ainda ficar bem grudenta nas mãos.

Queijadinhas da Monica


Queijadinhas da Monica

Pus este nome porque retirei esta receita do diário de cozinha da Monica.
Ficaram lindas, saborosas e bem cremosas, lembram bastante o recheio dos Pasteis de Nata.
Se fizerem não desanimem se virem que cresceram bastante enquanto estiveram no forno e depois murcharam é mesmo assim.

1 litro de leite
500g de açúcar
200g de farinha
50 g de margarina
8 ovos
1 pau de canela
canela em pó para polvilhar

Levar o leite ao lume com o pau de canela, juntar a margarina e deixar ferver.
Misturar a farinha com o açúcar e os ovos e mexer bem até ficar um creme bem homogéneo.
Adicionar cuidadosamente o leite quente no preparado de ovos mexendo constantemente para não talhar.
Untar e polvilhar forminhas de queijadas e encher.
Levar ao forno pré-aquecido a 200º por cerca de 20 a 25 minutos
Depois de prontas desenformar e polvilhar com canela

sábado, setembro 09, 2006

Omolete Mista

Omolete Mista

Para aqueles dias de preguiça, nada como uma omolete bem simples, e num instante temos a refeição preparada.

Para cada omolete:

2 ovos
1 fatia de fiambre
queijo ralado
sal e ervas a gosto.

Bater levemente os ovos e temperar a gosto.
Untar ligeiramente uma frigideira com óleo e levar ao lume para aquecer.
Colocar os ovos, abane a frigideira para o ovo espalhar bem, por cima coloque uma fatia de fiambre e por cima desta espalhe o queijo ralado.
Quando o ovo estiver cozido, comece a enrolar com a ajuda da espatula.
Sirva acompanhado de arroz e salada.

Bolo de Pera

Bolo de Peras


Fiz este bolo porque tinha imensas peras bem maduras que precisava gastar urgentemente.
Ficou bem fofo e humido.


4 ovos
8 peras pequenas (ou 4 peras médias)
2 xicaras de açucar
3 xicaras rasas de farinha
1 colher sobremesa de fermento

No Liquidificador coloque as peras partidas aos bocados (eu descasquei as peras mas pode ser com casca), os ovos, e o açucar e bata até ficar em creme.
Numa bacia á parte coloque a farinha e o fermento, junte o liquido do liquidificador e misture bem.
Leve a assar em forma untada com margarina e polvilhada com farinha.

Biscoitos faroleiros


Biscoitos faroleiros

Fazer biscoitos é uma brincadeira para a minha filha, ela adora amassar a massa, moldar os biscoitos, por isso não respeitamos a forma original, usamos o rolo para estender a massa e cortamos de várias formas, algumas deixamos um pouco mais altas e com o dedo fizemos uma ligeira cavidade que enchemos com geleia.
O resultado foi muito bom, ficaram bem crocantes e o sabor hummm....


2 ovos
250 g de açucar (coloquei 200 e ficaram bem doces)
470 g de farinha com fermento
25 g de canela
raspa de 1 limão
125 g de manteiga

Bate-se a manteiga com o açucar.
Misturam-se os ovos, a raspa do limão e a canela, por fim junte a farinha.Amasse bem.
Se for necessario junte um pouco de agua ou leite morno (eu usei 4 colheres sopa de água) até dar para tender.
Formam-se biscoitos fininhos e compridos, em espiral, que vão ao forno a cozer em tabuleiro levemente untado com manteiga.

domingo, setembro 03, 2006

Marmelada

Marmelada

Adoro marmelada caseira, por não ser tão doce. Embora seja uma tarefa um pouco complicada.Os marmelos são dificieis de descascar e partir. Depois de fazer o puré e juntar o açucar o melhor é manter o tacho tapado pois salta muito, e pode-se queimar, além de sujar tudo. O melhor é retirar o tacho do lume deixar repousar um pouco e então tirar a tampa para mexer.

1 kg de marmelos
500g de açucar
1 pau de canel
1 casca de limão
Agua q.b.
1 pitada de sal

Retire a pele e as sementes aos marmelos. (guarde-as para fazer geleia)
Parta-os em quartos e coloque-os na panela de pressão juntamente com pau de canela, a casca de limão a pitada de sal, e agua suficiente para cubrir. Depois de começar a ferver deixe cozer por 10 minutos.
Escorra bem os marmelos (reserve a agua da cozedura) e passe-os pelo passe-vite para obter um puré.
Leve o puré ao lume num tacho de fundo grosso, com o açucar, mexendo de vez em quando para que o açucar se dissolva e a marmelada ganhe ponto. Está pronta quando ao mexer com a colher de pau consegue ver o fundo do tacho por instantes(quanto mais tempo estiver ao lume, mais dura vai ficar depois de arrefecer, e assim poderá ser cortada em fatias, na hora de comer em vez de ser barrada)
Retire do lume e disponha-a em embalagens hermeticas.
Deixe arrefecer e depois guarde-as no frigurifico.



sábado, setembro 02, 2006

Bolachinhas


Bolachinhas




A receita destas bolachas eu copiei lá no trem bom da minha amiga Valentina, a receita original leva farinha de fuba, mas como não tinha em casa e a minha filha queria fazer bolachinhas, fiz mesmo sem fuba.
Não são muito doces, ficaram crocantes, as crianças adoraram
.

115 g de manteiga
200 g de farinha trigo (usei 500g)
300 g de fubá (não usei)
115 g de açucar
3 ovos batidos
100 ml de leite em temperatura ambiente
1 colher de extrato de baunilha
açucar confeiteiro para polvilhar

Ponha a farinha,o fubá e o açucar numa tigela.
Numa outra, coloque os ovos levemente batidos, o leite, o extrato de baunilha e a manteiga derretida que já deve estar fria.
Derrame os liquidos na vasilha dos secos e misture bem.
Coloque a massa em superficie levemente polvilhada e sove a massa um pouquinho.
Faça uma bola, tape e leve á geladeira por meia hora.
Prepare as assadeiras revestindo o fundo com papel.
Retire da geladeira, abra a massa com um rolo e corte as bolachinhas. (A massa não deve ficar muito grossa ).
Leve ao forno pre-aquecido até ficarem dourados (aproximadamente 15 minutos)

Doce de Chila

Doce de Chila
Este doce parece dificil de confeccionar, mas não é, é preciso apenas um pouco de paciencia.
Depois de pronto é optimo no pão ou pode-se confecionar várias sobremesas.
1 abobora de chila
o peso da abobora cozida e bem escorrida em açucar
1 pau de canela

Parta a abobora atirando-a para o chão (não deve empregar faca,altera-lhe o sabor)
Com as mãos separe os bocado deixando-os ficar com casca.
Tire-lhes a tripa amarela e as pevides.
Intruduza os bocado de abobora em agua fria abundante e esfregue-a mudando a agua várias vezes, até deixar de fazer espuma.
Leve a abobora a cozer em lume forte em agua temperada com sal.
Quando a casca separar, escorra.
Pase por agua fria e com as mãos separe os fios o melhor possivel.

Escorra e pese
Tome igual peso de açucar, junte 1 dl de agua e o pau de canela e leve ao lume até obter uma calda expessa, junte a abobora e deixe cozer, mexendo constantemente até fazer estrada
Deite o doce em frascos esterilizados.

Bolo de Beterraba

Bolo de Beterraba

Este bolo a minha filha apelidou de bolo camaleão por ter mudado de cor. Uma experiencia interessante para as crianças, o creme é cor-de -rosa, depois de assado fica amarelo.
Ficou fofinho e muito gostoso.


4 ovos
1 beterraba
2 xicaras de açucar
3 xicaras rasas de farinha
1 colher sobremesa de fermento
sumo e raspa de 1/2 limão

Bater no liquidificador os ovos, a beterraba descascada e partida aos bocados, o açucar, a raspa e o sumo de limão, até ficar cremoso.
Numa bacia á parte juntar a farinha e o fermento, por fim misturar o liquido do liquidificador, e misturar bem.
Levar a assar em forma untada de margarina e polvilhada com farinha.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...